sicnot

Perfil

Desporto

Júlio Ferreira (-80 kg) nos "quartos" do taekwondo nos Jogos Europeus,

Júlio Ferreira apurou-se hoje para os quartos de final da categoria de -80 kg de taekwondo dos I Jogos Europeus, após bater em Baku, no Azerbaijão, o espanhol Raul Garcia Martinez.

Portugal tem tido um bom desempenho no taekwondo nos Jogos Europeus, Rui Bragança conquistou a medalha de ouro (na foto, à esquerda)

Portugal tem tido um bom desempenho no taekwondo nos Jogos Europeus, Rui Bragança conquistou a medalha de ouro (na foto, à esquerda)

ZURAB KURTSIKIDZE/ EPA

O português impôs-se por 10-4, com os parciais de 7-1, 2-0 e 1-3.

Oitavo do ranking do torneio, Júlio Ferreira vai encontrar agora (11:15 em Lisboa) o moldavo Aaron Cook, o principal favorito do torneio, já com títulos europeus e mundiais no currículo. 

No taekwondo, Rui Bragança foi ouro em -58Kg, enquanto Mário Silva foi sétimo em -68 kg.

Portugal soma seis medalhas em Baku, após o ouro de Rui Bragança (-58 kg) no taekwondo e do ténis de mesa por equipas (Marcos Freitas, Tiago Apolónia e João Geraldo), bem como as pratas de João Silva no triatlo, João Costa no tiro e de Fernando Pimenta em K1 1.000 e 5.000.


Lusa
  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.