sicnot

Perfil

Desporto

Blatter defende maior escrutínio dos responsáveis da FIFA

Joseph Blatter defende um maior escrutínio dos responsáveis da FIFA. Na coluna de opinião que assina na revista semanal da organização, Blatter alude à proposta de reforço do escrutínio na FIFA defendida pelo presidente da Federação de Futebol da Alemanha. 

Tsafrir Abayov

O presidente demissionário do organismo disse ainda que esta reforma tem sido bloqueada pela UEFA. Blatter defende ainda um reforço de poderes de África e da Ásia na FIFA. 

O dirigente está desde o início de maio no centro de um escândalo de corrupção em que são suspeitos alguns dos principais responsáveis da FIFA, incluindo o secretário-geral da organização, Jérôme Valcke.  O escândalo de corrupção foi revelado dias antes das eleições para a presidência do organismo, às quais Blatter, de 70 anos, se recandidatou a um quinto mandato. Quatro dias depois da vitória, Joseph Blatter, demitiu-se. 

A data para as novas eleições ainda não foi divulgada. 
  • Pelo menos 2 mortos em Guadalupe à passagem do furacão Maria

    Mundo

    A passagem na terça-feira do furacão Maria pelo arquipélago francês de Guadalupe, nas Caraíbas, provocou a morte de duas pessoas, indicou o governo. Em declarações à Rádio RCI, Eric Maire, delegado do governo, disse que um homem morreu devido à queda de uma árvore, e que outra pessoa foi encontrada morta junto ao mar.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.