sicnot

Perfil

Desporto

Presidente do Catania detido com mais seis pessoas por viciação de resultados

O presidente do clube de futebol Catania foi hoje detido com mais seis pessoas pela polícia italiana, sob acusação de ter 'comprado' jogos da Serie B (segunda divisão) para impedir a descida de divisão da equipa.

Antonino Pulvirenti, à direita.

Antonino Pulvirenti, à direita.

© STRINGER Italy / Reuters

Para além do presidente da formação siciliana, Antonino Pulvirenti, e do seu diretor financeiro, foram também detidos o ex-diretor desportivo do clube e quatro empresários ligados ao futebol, todos acusados de fraude e viciação de resultados.

Em declarações ao canal SkyTg24, o presidente da Serie B, Andrea Abodi, disse sentir "uma grande dor" e pediu esclarecimentos "o mais depressa possível", para que, em caso de confirmação, "a resposta seja dura".

O procurador Giovanni Salvi explicou hoje, em conferência de imprensa, que são seis os jogos sob suspeita, todos disputados entre 19 de março e 02 de maio.

O advogado de Pulvirenti já reagiu e disse que o presidente "está convencido de poder demonstrar que não está ligado às acusações imputadas".

O Catania, que desceu à Serie B no final da temporada 2013/2014, terminou esta época em 15º lugar, três lugares acima do 'play-off' de permanência.


Lusa
  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.