sicnot

Perfil

Desporto

Presidente do Catania detido com mais seis pessoas por viciação de resultados

O presidente do clube de futebol Catania foi hoje detido com mais seis pessoas pela polícia italiana, sob acusação de ter 'comprado' jogos da Serie B (segunda divisão) para impedir a descida de divisão da equipa.

Antonino Pulvirenti, à direita.

Antonino Pulvirenti, à direita.

© STRINGER Italy / Reuters

Para além do presidente da formação siciliana, Antonino Pulvirenti, e do seu diretor financeiro, foram também detidos o ex-diretor desportivo do clube e quatro empresários ligados ao futebol, todos acusados de fraude e viciação de resultados.

Em declarações ao canal SkyTg24, o presidente da Serie B, Andrea Abodi, disse sentir "uma grande dor" e pediu esclarecimentos "o mais depressa possível", para que, em caso de confirmação, "a resposta seja dura".

O procurador Giovanni Salvi explicou hoje, em conferência de imprensa, que são seis os jogos sob suspeita, todos disputados entre 19 de março e 02 de maio.

O advogado de Pulvirenti já reagiu e disse que o presidente "está convencido de poder demonstrar que não está ligado às acusações imputadas".

O Catania, que desceu à Serie B no final da temporada 2013/2014, terminou esta época em 15º lugar, três lugares acima do 'play-off' de permanência.


Lusa
  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.