sicnot

Perfil

Desporto

Portugal tenta meias-finais do Europeu de sub-21 e Jogos Rio2016

Portugal discute hoje o apuramento para as meias-finais do Europeu de futebol de sub-21, em jogo em que defronta a Suécia, no Estádio de Uherské Hradiste (19:45 de Lisboa).

(Lusa/ Arquivo)

(Lusa/ Arquivo)

Lusa

Aos comandados por Rui Jorge basta um empate para que se atinjam as meias-finais e, ao mesmo tempo, a presença nos Jogos Olímpicos do Rio2016, que terá quatro vagas provenientes deste Europeu.

Depois de vencer o jogo de estreia no grupo B, frente à Inglaterra (1-0, golo de João Mário) e empatar de seguida com a Itália (0-0), Portugal soma quatro pontos, mais um do que Inglaterra e Suécia (com três) e dois do que a Itália (com um).

Um triunfo garante a vitória no grupo, mas o empate também dará o apuramento, sem que o resultado entre Inglaterra e Itália tenha qualquer influência.

A Suécia parte para este jogo com uma vitória (2-1 frente à Itália) e uma derrota (1-0 com Inglaterra).

Portugal chegou a este Europeu na República Checa com 10 vitórias consecutivas, nos oito jogos do apuramento e mais dois com a Holanda no 'play-off'.

Em 12 jogos, contabilizando os dois já disputados no Europeu, com uma seleção em que se destacam o guarda-redes José Sá, ou os médios William Carvalho, João Mário e Bernardo Silva, a equipa das 'quinas' ainda não conheceu a derrota.



Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.