sicnot

Perfil

Desporto

Blatter ausente "por razões pessoais" da final do Mundial de futebol feminino

O presidente da FIFA, Joseph Blatter, vai estar ausente "por razões pessoais" da fase final do Campeonato do Mundo de futebol feminino, a decorrer no Canadá,  anunciou o seu advogado.  

Tsafrir Abayov

Esta será a primeira vez desde que chegou em 1988 à liderança da organização de cúpula do futebol mundial que Blatter não assiste à final de um campeonato do mundo sénior.

Joseph Blatter já tinha cancelado este mês uma viagem à Nova Zelândia, onde iria assistir à final do Mundial de futebol de sub-20, alegadamente depois de os organizadores terem transmitido que não desejavam a sua presença.

A FIFA foi atingida no final de maio por um escândalo de corrupção que levou Joseph Blatter a apresentar a demissão.

O escândalo rebentou quando, a 27 de maio, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos indiciou nove dirigentes ou ex-dirigentes e cinco parceiros da FIFA, acusando-os de associação criminosa e corrupção nos últimos 24 anos, num caso em que estarão em causa subornos no valor de 151 milhões de dólares (quase 140 milhões de euros).

A acusação surgiu depois de o Ministério da Justiça e a polícia da Suíça terem detido sete membros da FIFA, num hotel de Zurique.

Dois dias depois, apesar do escândalo, Joseph Blatter, de 79 anos, foi reeleito para um quinto mandato à frente do organismo, mas acabou por se demitir.

O Comité Executivo da FIFA vai reunir-se extraordinariamente a 20 de julho em Zurique para agendar o próximo congresso eleitoral da organização, que deverá ter lugar entre dezembro de 2015 e março de 2016.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.