sicnot

Perfil

Desporto

William Carvalho eleito o melhor do europeu sub-21

O português William Carvalho foi eleito o melhor jogador do campeonato da Europa de sub-21, pela UEFA. E com ele, José Sá, Raphael Guerreiro, William Carvalho, Bernardo Silva e Ivan Cavaleiro integram o "onze" ideal .

PETER POWELL

Atualmente com 23 anos, William Carvalho foi totalista nos cinco jogos de Portugal na fase final, disputada na República Checa, na qual a equipa lusa perdeu no jogo decisivo com a Suécia, no desempate por grandes penalidades, por 4-3.

O médio português, que tem 13 internacionalizações AA, fechou com chave de ouro - pelo menos a nível individual -, uma época em que também foi um elemento preponderante no seu clube, que conquistou a Taça de Portugal, tendo disputado nesta época 42 jogos (30 no campeonato, seis na Liga dos Campeões, cinco na Taça de Portugal e um na Liga Europa).

William Carvalho é o segundo jogador luso a ser eleito o melhor da fase final do Europeu de sub-21, sucedendo a Luís Figo, vencedor em 1994, apesar de Portugal não ter conquistado a prova, ao perder na final com a Itália, vencedora por 1-0 com um 'golo de ouro' de Pierluigi Orlandini.

Cinco portugueses no "onze" ideal

Com cinco jogadores, a seleção de Portugal é a mais representada na equipa escolhida pelos observadores técnicos do organismo que rege o futebol europeu.

À frente de José Sá, guarda-redes do Marítimo, os especialistas da UEFA colocam dois suecos, o lateral-direito do Benfica Victor Lindelöf e o central Filipe Helander (Malmö), ao lado do dinamarquês Jannik Vestergaard (Werder Bremen/Ale), enquanto o defesa do Lorient Raphael Guerreiro ocupa o lado esquerdo.

O médio do Sporting William Carvalho, que foi eleito o melhor jogador da competição, apesar de ter falhado a grande penalidade decisiva, divide o meio-campo defensivo com o sueco Oscar Lewicki (Malmö).

Atrás do avançado alemão Kevin Volland (Hoffenheim), autor de dois golos na competição, surgem mais dois portugueses, casos do extremo do Benfica Ivan Cavaleiro e o 'criativo' do Mónaco Bernardo Silva, fazendo um trio com o inglês Nathan Redmond (Norwich City/Ing).

O avançado checo do Estugarda Jan Kliment foi o melhor marcador do Europeu, com três golos, mais um do que Volland e do que o italiano Marco Benassi (Torino), os suecos Simon Tibbling (Groningen/Hol), John Guidetti (Celtic Glasgow/Esc) e o português João Mário (Sporting). 

"Onze" ideal do Europeu sub-21:

José Sá (Portugal), Victor Lindelöf (Suécia), Filipe Helander (Suécia), Jannik Vestergaard (Dinamarca), Raphael Guerreiro (Portugal), William Carvalho (Portugal), Oscar Lewicki (Suécia), Nathan Redmond (Inglaterra), Bernardo Silva (Portugal), Ivan Cavaleiro (Portugal) e Kevin Volland (Alemanha).

 

Com Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31