sicnot

Perfil

Desporto

Manuel Machado diz que Nacional é candidato à Europa "por estatuto"

O treinador do Nacional assumiu hoje que a equipa lutará pela Europa na I Liga de futebol, pelo estatuto que tem e apesar de ter afirmado ser ainda muito cedo para estabelecer comparações com outros candidatos.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

JOSE COELHO

Manuel Machado considerou "uma aberração" o facto de o mercado de transferências vigorar até ao final de agosto, numa altura em que o campeonato já está em marcha.

"Ainda não podemos analisar o valor do nosso grupo de trabalho, nem das restantes equipas que lutam pelo mesmo objetivo. Contudo, há 14 anos na I Liga, tivemos 50% de aproveitamento, no que toca às participações europeias. Por estatuto, jogamos para isso, mas há concorrência e ainda não conhecemos o valor das equipas, porque estamos ainda no início da preparação", destacou Manuel Machado, em conferência de imprensa.

O facto de a Madeira ter agora três equipas (Nacional, Marítimo e União da Madeira) na I Liga, é algo que o treinador do Nacional exalta: "Prestigia o desenvolvimento e política desportivas regionais, porque o futebol é embaixador e promotor do nome da Madeira,  que fica mais dilatado com a presença do União."

Para Machado, o campeonato interno "conta muito, porque há rivalidade".

"Da nossa parte, tudo faremos para, tal como nos últimos anos, sermos a equipa mais cotada, ou melhor classificada, entre as madeirenses, é isso que também iremos tentar fazer esta época", observou.

Relativamente ao calendário, o técnico aplaude um ou dois benefícios: "Não me prendo ao calendário, mas há duas ou três referências a fazer: jogos mais separados com os 'grandes', o que nos permite alguma folga, para além disso, há duas fases em que podemos permanecer na Madeira durante cerca de um mês, já que há quatro jogos em casa, com os dérbis, e ficamos salvaguardados de viagens aéreas", explicou.

Por existirem ainda algumas interrogações relativamente a jogadores que poderão sair, Manuel Machado afirma que "felizmente a equipa tem produzido bons jogadores e, vir para o Nacional, é bom, porque é um clube que promove", destacou.

Depois de rejeitar opinar sobre o sorteio dos árbitros, o treinador da equipa da Choupana espera que o campeonato tenha mais candidatos ao título.

"O Sporting é ainda uma interrogação, mas Jorge Jesus acrescenta alguma coisa ao potencial do Sporting, que deverá ter jogadores de maior calibre para competir com Benfica e FC Porto. Sendo assim, o futebol português fica a ganhar", afirmou, a concluir.

 

 

 

 

 

Lusa

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.