sicnot

Perfil

Desporto

Maioria dos portugueses concorda com sorteio dos árbitros no futebol

SONDAGEM

Um estudo da Eurosondagem para a SIC e para o Expresso revela que a maioria dos inquiridos concorda com o sorteio dos árbitros no futebol.

60,6% respondeu que "Sim", contra cerca de 29,3%, que respondeu que "Não" concorda com o sorteio aprovado recentemente na Assembleia Geral da Liga de Clubes. (Arquivo)

60,6% respondeu que "Sim", contra cerca de 29,3%, que respondeu que "Não" concorda com o sorteio aprovado recentemente na Assembleia Geral da Liga de Clubes. (Arquivo)

Paulo Duarte / AP

60,6% respondeu que "Sim", contra cerca de 29,3%, que respondeu que "Não" concorda com o sorteio aprovado recentemente na Assembleia Geral da Liga de Clubes. 10,1 % não sabe ou não responde.

Na mesma sondagem, foi perguntado qual das três equipas está em melhores condições de ganhar a Liga da próxima época.

40% dos entrevistados respondeu que é o Benfica. O Sporting consegue 29,3% da preferência dos inquiridos, seguido do FC Porto, com 19,5%. 11,2% não sabe ou não responde.

O estudo foi realizado entre os dias 2 e 7 de julho e resulta de 1025 entrevistas telefónicas validadas. O erro máximo da amostra é de pouco mais de 3%.

  • Portugal supera média da OCDE nos testes PISA em ciências e leitura

    País

    Pela primeira vez, Portugal conseguiu resultados "significativamente superiores" à média da OCDE nos testes PISA em ciências e leitura. É o Instituto de Avaliação Educativa que o garante, segundo os dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico hoje divulgados.

  • Quando se confunde o pedal do travão com o acelerador
    0:38

    Mundo

    Na China, chegam imagens de um acidente fora do normal. Um homem parou o carro e saiu para cumprimentar um amigo. Enquanto conversavam, a viatura começou a descair lentamente. O condutor correu de imediato para o carro. Com as mãos já no volante, tentou evitar o pior mas em vez de carregar no travão, carregou no acelerador.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.