sicnot

Perfil

Desporto

FIA retira número 17 da Fórmula 1 em homenagem a Jules Bianchi

A Federação Internacional do Automóvel (FIA) anunciou esta segunda-feira que irá retirar o número 17 do Mundial de Fórmula 1, como homenagem ao piloto francês Jules Bianchi, que faleceu na sexta-feira, nove meses depois de um acidente no Japão.

Bianchi faleceu na última sexta-feira, depois de nove meses em coma, na sequência de um despiste no Grande Prémio do Japão, no Circuito de Suzuka. (Arquivo)

Bianchi faleceu na última sexta-feira, depois de nove meses em coma, na sequência de um despiste no Grande Prémio do Japão, no Circuito de Suzuka. (Arquivo)

© Tim Chong / Reuters

"Jean Todt, presidente da Federação Internacional de Automobilismo anunciou hoje que o número 17 vai ser retirado do Campeonato do Mundial de Fórmula 1 em homenagem a Jules Bianchi", pode ler-se no site do organismo.

Bianchi faleceu na última sexta-feira, depois de nove meses em coma, na sequência de um despiste no Grande Prémio do Japão, no Circuito de Suzuka.

Sob condições atmosféricas adversas, devido à chuva e reduzida visibilidade, o francês, que conduzia o Marussia número 17, colidiu com uma grua que retirava o Sauber acidentado do alemão Adrian Sutil da gravilha.

Após o aparatoso acidente, o piloto foi de imediato transportado para o hospital de Mie, no Japão, no qual foi operado às graves lesões na cabeça, ficando desde esse dia em coma, estado do qual nunca chegou a recuperar.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22