sicnot

Perfil

Desporto

Falta um bocadinho assim a João Sousa

João Sousa voltou a reaproximar-se do top-50 do ''ranking'' na classificação do ATP. Na lista publicada hoje está em 51º. Está a uma posição dos melhores dos melhores.

© Vincent Kessler / Reuters

O número um português conseguiu subir duas posições, depois de "acertos" na hierarquia mundial e está [outra vez] perto de colocar o nome na lista dos 50 melhores do mundo.

João Sousa, foi um dos elementos da seleção portuguesa que venceu a Finlândia na segunda ronda o Grupo 2 da zona Europa/Africa da Taça Davis de ténis.

Outro foi Gastão Elias mas que está em 181º lugar no ranking, tendo perdido 10 posições.

Rui Machado caiu 17 lugares e está na 237ª posição. Frederico Silva, o caçulo da equipa nacional, está em 264º mas subiu cinco lugares.

A liderear está Novak Djokovic, traqnuilo na sua posíção. Vem depois Roger Federer.

Nas senhoras, Michelle Larcher de Brito, perdeu dois lugares e está em 156ª depois da lesão que a aafstou, por agora, dos courts.

Serena Williams, o fenómeno, lidera o ranking feminino. A checa Petra Kvitova, a revelação, surpreendeu subindo ao quarto lugar, empurrando a dinamarquesa Caroline Wozniacki para o quinto lugar.

Lusa

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48