sicnot

Perfil

Desporto

Comediante que atirou notas de dólares a Blatter vai ser processado

O comediante britânico que interrompeu a conferência de imprensa de Joseph Blatter, esta segunda-feira à tarde, ao atirar notas de dólares sobre o presidente demissionário da FIFA, vai ser processado.

© Arnd Wiegmann / Reuters

A polícia de Zurique anunciou que a FIFA quer levar o comediante a julgamento por invasão de propriedade.

O humorista lançou notas falsas sobre Blatter e deixou críticas aos recentes escândalos de corrupção no organismo. De imediato, Simon Brodkin foi retidado da sala e acabou por ser detido.

Blatter continuou a conferência minutos depois, para anunciar que não se candidata às próximas eleições da FIFA.

  • Blatter atingido por notas de dólar em conferência de imprensa
    0:41

    Corrupção na FIFA

    A conferência de imprensa de Joseph Blatter, na FIFA, foi interrompida por um comediante britânico que atirou notas na direção do ainda presidente do organismo. Blatter pediu a presença dos seguranças que retiraram Simon Brodkin do local. Saiu da sala e regressou 10 minutos depois.O comité executivo decidiu hoje marcar o novo ato eleitoral para o dia 26 de Fevereiro de 2016. Apesar dos escândalos, Blatter mantén-se no cargo até lá.

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.