sicnot

Perfil

Desporto

Besiktas oficializa contratação de Ricardo Quaresma por 1,2 milhões

O Besiktas, da liga turca de futebol, anunciou esta quarta-feira a contratação do português Ricardo Quaresma por duas épocas e mais uma de opção, com o clube de Istambul a pagar 1,2 milhões de euros ao FC Porto.

Ricardo Quaresma regressa assim a um clube que já conhece, pois jogou pelo emblema turco entre 2010 e 2012. (Arquivo)

Ricardo Quaresma regressa assim a um clube que já conhece, pois jogou pelo emblema turco entre 2010 e 2012. (Arquivo)

Oded Balilty / AP

Em comunicado, o Besiktas adianta ainda que o jogador vai receber cerca de 3,3 milhões de euros nas duas épocas de contrato - 1,768 milhões em 2015/2016 e 1,600 milhões em 2016/2017. Caso faça a terceira época e realize em 2017/2018 mais de 30 jogos, receberá mais 1,768 milhões.

"Foi alcançado um acordo com Ricardo Quaresma e com o FC Porto para a contratação do jogador. Por troca da rescisão de contrato com o FC Porto será pago ao clube 1,2 milhões de euros", esclarece também o comunicado.

Ricardo Quaresma regressa assim a um clube que já conhece, pois jogou pelo emblema turco entre 2010 e 2012. O jogador, de 31 anos, representou também, entre outros, o Sporting, FC Porto, Barcelona e Inter.

Terça-feira realizou com sucesso os exames médicos em Istambul, após ter sido recebido por uma multidão entusiasta, no aeroporto e no estádio do clube.

"Agora, vou deixar todo o meu passado para trás e virar uma nova página na Turquia", disse Ricardo Quaresma à televisão do Besiktas. "Sei o que os adeptos esperam de mim e foi fazer o meu melhor para não os desapontar", acrescentou.

Quaresma frisou que o "amor e a paixão" dos adeptos foi mesmo a principal razão para regressar a Istambul e que o grande objetivo para a época é a conquista do campeonato, que não é conseguida desde 2008/2009.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57