sicnot

Perfil

Desporto

Treinador do Barcelona diz que não se opõe à saída de Pedro Rodriguez

O treinador do Barcelona, Luís Enrique, assegurou esta quarta-feira que não se oporá à saída do futebolista espanhol Pedro Rodríguez, mas acrescentou que não deixará que isso aconteça a qualquer preço

Vedada a titularidade do Barcelona por causa do trio ofensivo 'intocável' constituído por Messi, Neymar e Suarez, Pedro, de 27 anos, quer voltar a jogar com regularidade longe da Catalunha. (Arquivo)

Vedada a titularidade do Barcelona por causa do trio ofensivo 'intocável' constituído por Messi, Neymar e Suarez, Pedro, de 27 anos, quer voltar a jogar com regularidade longe da Catalunha. (Arquivo)

© Heino Kalis / Reuters

"Aqueles que desejam deixar o clube podem fazê-lo se a sua cláusula de rescisão for coberta", explicou o treinador espanhol, depois da partida frente aos Los Angeles Galaxy, que os catalães venceram por 2-1, inserido na digressão de pré-época dos campeões espanhóis pelos Estados Unidos.

Vedada a titularidade do Barcelona por causa do trio ofensivo 'intocável' constituído por Messi, Neymar e Suarez, Pedro, de 27 anos, quer voltar a jogar com regularidade longe da Catalunha, apesar de ter renovado o contrato em junho último até 2019.

No entanto, este novo contrato contempla uma cláusula de rescisão de 30 milhões, inferior à que tinha no contrato anterior.

"Falei com o Pedro, disse-lhe o que eu achava e ele disse-me o que pensava", contou Luis Enrique, que não quis falar mais sobre o assunto.

De acordo com a imprensa, Pedro é cobiçado por Chelsea, Liverpool e Manchester United.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.