sicnot

Perfil

Desporto

Regresso do sorteio dos árbitros em debate hoje na Assembleia-Geral da FPF

O eventual regresso do sorteio dos árbitros nas competições profissionais, proposto pela Liga, será um dos temas centrais da Assembleia-Geral da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), que se realiza hoje em Lisboa.

LUSA/ ARQUIVO

A 29 de junho, a maioria dos clubes representados na AG da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) aprovou o regresso do sorteio dos árbitros nos jogos das competições profissionais, através de uma fórmula condicionada pela obrigatoriedade de apenas os internacionais dirigirem os jogos de maior dificuldade.

A proposta foi apresentada pelo Sporting e pelo FC Porto na reunião magna da Liga de clubes e mereceu a discordância do Benfica, bem como do Conselho de Arbitragem da FPF, órgão responsável pelas nomeações.

A reunião extraordinária foi convocada pelo presidente da Mesa da Assembleia-Geral, José Luís Arnaut, para ratificação dos regulamentos de arbitragem e disciplina propostos pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.