sicnot

Perfil

Desporto

Treinador do Gotemburgo rejeita favoritismo diante do Belenenses

O treinador do IFK Gotemburgo rejeitou esta quarta-feira qualquer favoritismo diante do Belenenses, na terceira pré-eliminatória da Liga Europa de futebol, e lembrou que a equipa portuguesa está melhor posicionada que os suecos no 'ranking' da UEFA.

O treinador do Gotemburgo, Jorgen Lennartsson. (Arquivo)

O treinador do Gotemburgo, Jorgen Lennartsson. (Arquivo)

© Christian Charisius / Reuters

Jorgen Lennartsson, que fazia a antevisão do encontro da primeira mão, marcado para quinta-feira, no Estádio do Restelo, começou por contrariar a ideia do treinador do Belenenses, Ricardo Sá Pinto, que poucas horas antes tinha entregado o favoritismo ao conjunto nórdico.

"O favorito é o Belenenses. Tem uma equipa tecnicamente forte, com jogadores experientes, apesar de estarem no início da época e de terem um novo treinador. Esperamos um jogo interessante e equilibrado", afirmou Lennartsson, em conferência de imprensa.

Apesar de admitir que o Gotemburgo "tem sempre pressão de ganhar", o técnico salientou que "o Belenenses está vários lugares acima do Gotemburgo, no 'ranking' da UEFA".

"Assim sendo, não podemos dizer que somos favoritos", reforçou.

Contudo, Lennartsson disse que a presença na fase de grupos da Liga Europa é um dos objetivos da formação que, neste momento, lidera o campeonato sueco, decorridas 17 jornadas.

"Já ganhámos a Taça da Suécia, estamos em primeiro lugar no campeonato e agora segue-se a Liga Europa. A época tem sido boa. Para chegarmos à fase de grupos da Liga Europa teremos um longo caminho. É preciso qualidade, mas também sorte nos jogos e nos sorteios. Se tivermos um bom desempenho, teremos hipóteses", concluiu.

Belenenses e IFK Gotemburgo jogam na quinta-feira, a partir das 20:00, no Estádio do Restelo, numa partida que será dirigida pelo sérvio Vlado Glodjovic.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".