sicnot

Perfil

Desporto

Fábio Coentrão treinou condicionado e Pepe fez ginásio

O futebolista português Fábio Coentrão voltou a trabalhar à parte do restante plantel no treino de hoje do Real Madrid, continuando a recuperar da lesão muscular, enquanto o também internacional luso Pepe continua afastado e fez trabalho de ginásio.

© Albert Gea / Reuters

Pepe, de 32 anos e que sofre também de uma lesão muscular, sofrida no jogo particular frente ao Bayern de Munique, vencido pelos bávaros, por 1-0, trabalhou no interior das instalações de Valdebebas, tendo a companhia do também lesionado Karim Benzema.

Fábio Coentrão, de 27 anos e que se lesionou na seleção portuguesa no confronto particular com a Itália, num jogo ganho pela seleção lusa, também por 1-0, subiu ao relvado para fazer trabalho condicionado, no qual teve a companhia do francês Raphaël Varane.

O Real Madrid, do também português Cristiano Ronaldo, disputa o seu último jogo particular a 18 de agosto, no troféu Santiago Bernabéu, frente aos turcos do Galatasaray, antes da primeira jornada da Liga espanhola, contra o recém-promovido Sporting Gijón.

Lusa

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.