sicnot

Perfil

Desporto

Óscar Ramírez anunciado como novo selecionador da Costa Rica

O antigo futebolista e ex-treinador do Alajuelense Óscar Ramírez foi esta terça-feira apresentado como novo selecionador da Costa Rica, substituindo Paulo Wanchope, que se demitiu depois de se ter envolvido numa cena de luta.

"É uma honra apresentar Óscar Ramírez como novo treinador da Costa Rica. É uma grande responsabilidade que ele assume para nos dar alegrias", afirmou em conferência de imprensa o presidente interino da Federação Costarriquenha de Futebol, Jorge Hidalgo (à direita).

"É uma honra apresentar Óscar Ramírez como novo treinador da Costa Rica. É uma grande responsabilidade que ele assume para nos dar alegrias", afirmou em conferência de imprensa o presidente interino da Federação Costarriquenha de Futebol, Jorge Hidalgo (à direita).

© Juan Carlos Ulate / Reuters

"É uma honra apresentar Óscar Ramírez como novo treinador da Costa Rica. É uma grande responsabilidade que ele assume para nos dar alegrias", afirmou em conferência de imprensa o presidente interino da Federação Costarriquenha de Futebol, Jorge Hidalgo.

Ramírez, de 50 anos, conhecido como 'Macho', é o treinador costarriquenho com maior sucesso nos últimos tempos, conseguindo cinco títulos semestrais entre 2010 e 2013 ao serviço do Alajuelense, e tem como objetivo principal conseguir o apuramento para o mundial da Rússia de 2018.

"Sei que vou dar o melhor e necessito da ajuda de todos. O tempo é curto para os objetivos a que nos propomos, mas assumo o desafio e sei que vamos conseguir", disse.

O treinador substitui Paulo Wanchope, que renunciou ao cargo na semana passada depois de ter sido protagonista de uma cena de luta com um dos elementos de segurança numa tribuna do estádio Maracaná do Panamá, enquanto assistia a um jogo de sub-23 entre Panamá e Costa Rica.

Lusa

  • Selecionador da Costa Rica troca agressões com adepto
    0:29

    Desporto

    O selecionador da Costa Rica envolveu-se esta terça-feira numa cena de pancadaria com um espetador, quando assistia ao jogo da seleção sub-23 na bancada. Paulo Wanchope discordou de uma decisão do árbitro da partida e tentou entrar em campo. O técnico, de 39 anos, começou por empurrar um jovem que segurava um dos portões de acesso. Depois, o alvo foi um espetador que assistia ao jogo na bancada. Os dois envolveram-se numa troca de agressões que só terminou com a intervenção da polícia.

  • Prosseguem buscas por condutor da carrinha no ataque em Barcelona
    2:38