sicnot

Perfil

Desporto

Nelson Évora conquista bronze

GALERIA DE IMAGENS

Nélson Évora conquistou há instantes a medalha de bronze em triplo salto nos campeonatos do mundo de atletismo em Pequim. O atleta português saltou 17 metros e 52 centímetros à última tentativa, quando estava em quarto lugar. Foi a melhor marca desde que se lesionou, há quase 3 anos.

© Kim Kyung Hoon / Reuters

© Phil Noble / Reuters

© Dylan Martinez / Reuters

© Dylan Martinez / Reuters

© Dylan Martinez / Reuters

© Phil Noble / Reuters

© Phil Noble / Reuters

Num concurso ganho pelo norte-americano Christian Taylor, com 18,21, a segunda melhor marca história, somente atrás dos 18,29 de Jonathan Edwards, Nelson Évora assegurou um lugar no pódio com o seu melhor salto da temporada, depois de ter chegado a Pequim com 17,24 em 2015.

Campeão olímpico em 2008, também no Ninho de Pássaro, em Pequim, o atleta do Benfica, de 31 anos, regressa às medalhas em Mundiais depois de ter conquistado o título em 2007 e a prata em 2009.

O atleta do Benfica, atual campeão europeu, abriu o concurso com 17,28 metros e melhorou o seu melhor registo da época para 17,29 no terceiro salto, depois de um segundo ensaio nulo.

Após um quarto e quinto saltos igualmente inválidos, Nelson Évora perdeu a terceira posição para Omar Craddock, que pulou 17,37 na sua quinta tentativa, mas o norte-americano não fez melhor no derradeiro ensaio e o português saltou 17,52 metros para a medalha de bronze.

Recordista nacional, com 17,74 metros conseguidos nos Mundiais de Osaka, em 2007, Nelson Évora não ultrapassava dos 17 metros e meio desde 2009, ainda antes da lesão que o afastou dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e o manteve inativo durante quase ano e meio.

Quando fez 17,52 metros (vento: +0,3 metros/segundo), o português sabia que estava destinado à medalha de bronze, porque já só faltava saltar os grandes favoritos, o cubano Pedro Pablo Pichardo, que detinha a melhor marca da época (18,08), e Christian Taylor, campeão olímpico em título em campeão mundial em 2011, numa luta além dos 17,60.

Taylor passou para a frente ao quarto ensaio, com 17,68, que suplantava os 17,60 do cubano, e confirmou o ouro na última tentativa, com um salto 'estratosférico' de 18,21, ao qual Pichardo respondeu com 17,73, que foi o seu melhor registo da noite, mas insuficiente para chegar ao título.

Com Lusa

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • As novas rotas da TAP em 2017
    1:59

    Economia

    No próximo ano, a TAP vai passar a voar para o Canadá. Além de Toronto, a companhia aérea vai também abrir cinco novas rotas para a Europa e aumentar algumas frequências. Fique a conhecer quais são.

  • Com este vamos arrancar-lhe uma lagriminha!

    Mundo

    Nesta redação, não se vive só de notícias. Também gostamos de nos emocionar com o mundo virtual. Imbuídos pela quadra natalícia, decidimos partilhar este vídeo polaco consigo. O que é preciso para o emocionar? Um tema com uma mensagem simples e que nos faça lembrar que somos todos feitos de carne e osso. Um toque de humor. Um sentimento sazonal, mas nunca em excesso. Um cão [é preciso haver sempre um cão]. Um enredo e algum suspense que nos prenda ao écran. Algo que nos faça engolir em seco. Foi isto que fez um site de vendas online com um anúncio com o título: "Inglês para principiantes". Então? Atingimos o nosso objetivo? Com ou sem lágrima?

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.