sicnot

Perfil

Desporto

Defesa do Sp. Braga Núrio é a grande novidade dos sub-21

O selecionador português de sub-21, Rui Jorge, anunciou hoje os convocados para o primeiro jogo de apuramento para o Euro 2017, na Polónia, na qual se destaca a chamada do defesa Núrio, que se estreia numa convocatória da seleção.

É a estreia de Núrio (direita)

É a estreia de Núrio (direita)

© Miguel Vidal / Reuters

Depois de ter chagado à final da última edição da prova, tendo caído nas grandes penalidades frente à Suécia, o selecionador português promoveu a subida de escalão, dos sub-20 para os sub-21 de André Moreira, Fábio Cardoso, Riquicho, Gelson Martins, André Silva, Raphael Guzu, Francisco Ramos e Rebocho, sendo que diretamente dos sub-19 chega o guarda-redes Joel Moreira.

Numa lista que pode contar apenas com jogadores nascidos após 01 de janeiro de 1994, a principal novidade acaba por ser a presença do defesa do Sporting de Braga Núrio Fortuna, que assim, pela primeira vez, é chamado para uma convocatória da uma seleção.

Portugal, que está integrado no Grupo 4 juntamente com Albânia, Grécia, Hungria, Israel e Liechtenstein começa o estágio no próximo dia 31 de agosto, sendo que o jogo na Albânia está previsto para o dia 08 de setembro.

Lista de 23 convocados para o jogo frente à Albânia:

- Guarda-redes: André Moreira (União da Madeira), Bruno Varela (Benfica) e Joel Pereira (Manchester United/Ing);

- Defesas: Edgar Ié (Villareal/Esp), Fábio Cardoso (Paços de Ferreira), Rafa (FC Porto), Mauro Riquicho (Sporting), Nurio Fortuna (Sporting Braga) Rúben Vezo (Valência/Esp) e Tobias Figueiredo (Sporting).

- Médios: Bruno Fernandes (Udinese/Ita), Francisco Ramos (FC Porto), João Teixeira (Benfica), Rony Lopes (Mónaco/Fra), Raphael Guzzo (Tondela) e Rúben Neves (FC Porto).

- Avançados: André Silva (FC Porto), Bruma (Real Sociedad/Esp), Carlos Mané (Sporting), Gelson Martins (Sporting), Gonçalo Paciência (Académica de Coimbra) e Ricardo Horta (Málaga/Esp).

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Santana Lopes rejeita responsabilidades nas falhas do SIRESP
    1:21

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Sobre o relatório do SIRESP, António Vitorino diz que há neste momento um passa culpas entre entidades que só vai contribuir para aumentar o receio das populações perante os incêndios. Pedro Santana Lopes, que era primeiro-ministro quando foi assinado o contrato da rede de comunicações, diz que não sente responsabilidades e defende que o importante é perceber o que há de errado com o SIRESP.

  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29