sicnot

Perfil

Desporto

Veloso chamado pela 1ª vez à seleção na era Fernando Santos

Miguel Veloso foi hoje chamado pela primeira vez à seleção nacional desde que Fernando Santos assumiu o comando técnico. Também Pepe e Raphael Guerreiro estão de regresso.Nas ausências, a mais notória será a de Fábio Coentrão. Portugal joga um amigável com a França a 4 de setembro e defronta a Albânia no dia 7, na qualificação para o Euro 2016.

© Hugo Correia / Reuters

A seleção portuguesa defronta primeiro a França, em jogo particular agendado para o Estádio José Alvalade, a 4 de setembro, e depois visita a Albânia, em Elbasan, a 7 de setembro, em encontro de apuramento do grupo I para o Euro2016.

Nos 24 escolhidos de hoje, Fernando Santos voltou a chamar Miguel Veloso, um jogador que era opção habitual de Paulo Bento, salientando que o médio sempre fez parte da lista alargada de opções, mas que só pode chamar um número limitado.

O jogador do Dínamo Kiev é assim opção para os dois próximos compromissos, num momento em que Tiago está castigado e William Carvalho está lesionado.

Fora das opções ficaram ainda o lateral esquerdo Fábio Coentrão, esta semana oficializado como reforço do Mónaco e que não foi utilizado no arranque de época do Real Madrid, bem como o médio benfiquista Pizzi ou Daniel Carriço (Sevilha).

Outra presença a assinalar entre os 24 escolhidos é a do médio João Moutinho (Mónaco), que está em dúvida, uma vez que tem estado a recuperar de uma lesão.

Os convocados de Fernando Santos:

Guarda-redes - Anthony Lopes (Lyon), Beto (Sevilha) e Rui Patrício (Sporting)

Defesas - Bruno Alves (Fenerbahçe), Cédric Soares e José Fonte (Southampton), Eliseu (Benfica), Pepe (Real Madrid), Raphael Guerreiro (Lorient), Ricardo Carvalho (Mónaco) e Vieirinha (Wolfsburgo)

Médios - Adrien Silva e João Mário (Sporting), André André e Danilo Pereira (FC Porto), Bernardo Silva e João Moutinho (Mónaco) e Miguel Veloso (Dínamo Kiev)

Avançados - Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Danny (Zenit), Éder (Swansea), Nani (Fenerbahçe), Ricardo Quaresma (Besiktas) e Varela (FC Porto)

Com Lusa

  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.