sicnot

Perfil

Desporto

Cristiano Ronaldo reencontra Martunis

O futebolista português Cristiano Ronaldo recebeu hoje Martunis, sobrevivente do tsunami de dezembro de 2004 na Indonésia, no hotel onde estagia a seleção nacional, em Cascais.

FPF

O capitão da equipa das quinas reencontrou o jovem que foi encontrado com a camisola da seleção nacional, com o número 10, então de Rui Costa, depois do tsunami na Indonésia que matou mais de 230 mil pessoas.

Martunis, que tinha sete anos quando foi resgatado após a catástrofe, vive atualmente na Academia do Sporting, clube que assinou um contrato com o indonésio para os escalões de formação.

Cristiano Ronaldo já se mostrou satisfeito com o gesto do clube de Alvalade, por estar a proporcionar a Martunis melhores condições de vida e uma oportunidade de seguir o sonho de se tornar futebolista.

Lusa

  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Depois do Fogo
    23:30
  • "A culpa morre sozinha?"
    0:41

    Opinião

    Luís Marques Mendes não acredita que o Ministério Público não formule uma acusação de homicídio por negligência e que não haja demissões na sequência do incêndio de Pedrógão Grande. O comentador da SIC debateu o tema este domingo no Jornal da Noite da SIC.

    Luís Marques Mendes

  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.