sicnot

Perfil

Desporto

Basquetebolista Nikola Mirotic pede perdão após rasgar a bandeira da Sérvia

Nikola Mirotic, basquetebolista de origem montenegrina, naturalizado espanhol, pediu hoje perdão através da sua conta no 'twitter', após ter rasgado uma bandeira da Sérvia no final do jogo em que a Espanha perdeu com a Itália na terça-feira.

Aaron Gash

"Lamento profundamente a minha reação após o jogo. Em nenhum momento me dei conta de que era uma bandeira, muito menos a da Sérvia. Peço perdão pelo sucedido", escreveu o poste da seleção da Espanha, que também atua nos Chicago Bulls, da Liga Profissional norte-americana de basquetebol (NBA).

O incidente ocorreu logo após o duelo Espanha-Itália, referente à terceira jornada do grupo B e que os italianos venceram por 105-98. A caminho do balneário, um adepto sérvio acenou com uma bandeira junto de Mirotic e este agarrou no símbolo da Sérvia e rasgou-o num acesso de fúria descontrolada.

"Os jogadores sérvios já me disseram para esquecer o incidente", adiantou hoje Mirotic aos media espanhóis, desagradados com as exibições da sua seleção na fase de grupos do Eurobasket.

Desconhece-se ainda se a Federação Internacional de Basquetebol (FIBA) vai punir o jogador por este incidente. Mas, segundo os regulamentos em vigor, o basquetebolista naturalizado espanhol até corre o risco de ser expulso da competição.

Lusa

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Venda do Novo Banco terá que ser negociada em Bruxelas
    0:43

    Economia

    A venda do Novo Banco vai ter que ser negociada com Bruxelas, uma vez que o Lone Star planeia agora ficar com 65% da instituição, obrigando o Estado a manter uma posição no banco. O ministro das Finanças lembra que esta também era uma possibilidade mas salienta que o assunto está nas mãos do Banco de Portugal.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Primeiro-ministro sueco "surpreendido" com as declarações de Trump
    0:53

    Mundo

    O primeiro-ministro sueco ficou surpreendido com as declarações de Donald Trump, que, no fim de semana, se referiu a um suposto ataque terrorista no país escandinavo, relacionado com a imigração. Stefan Löfven fala na responsabilidade de usar os factos correctamente e diz que é preciso verificar a informação que é divulgada.

  • Angelina emociona-se ao falar da separação de Brad Pitt
    1:25
  • Modelo obrigada a prometer que não volta a arriscar a vida numa sessão fotográfica
    1:46