sicnot

Perfil

Desporto

Basquetebolista Nikola Mirotic pede perdão após rasgar a bandeira da Sérvia

Nikola Mirotic, basquetebolista de origem montenegrina, naturalizado espanhol, pediu hoje perdão através da sua conta no 'twitter', após ter rasgado uma bandeira da Sérvia no final do jogo em que a Espanha perdeu com a Itália na terça-feira.

Aaron Gash

"Lamento profundamente a minha reação após o jogo. Em nenhum momento me dei conta de que era uma bandeira, muito menos a da Sérvia. Peço perdão pelo sucedido", escreveu o poste da seleção da Espanha, que também atua nos Chicago Bulls, da Liga Profissional norte-americana de basquetebol (NBA).

O incidente ocorreu logo após o duelo Espanha-Itália, referente à terceira jornada do grupo B e que os italianos venceram por 105-98. A caminho do balneário, um adepto sérvio acenou com uma bandeira junto de Mirotic e este agarrou no símbolo da Sérvia e rasgou-o num acesso de fúria descontrolada.

"Os jogadores sérvios já me disseram para esquecer o incidente", adiantou hoje Mirotic aos media espanhóis, desagradados com as exibições da sua seleção na fase de grupos do Eurobasket.

Desconhece-se ainda se a Federação Internacional de Basquetebol (FIBA) vai punir o jogador por este incidente. Mas, segundo os regulamentos em vigor, o basquetebolista naturalizado espanhol até corre o risco de ser expulso da competição.

Lusa

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.