sicnot

Perfil

Desporto

Budapeste, Hamburgo, Los Angeles, Paris e Roma candidatas aos Jogos Olímpicos de 2024

Budapeste, Hamburgo, Los Angeles, Paris e Roma são as cinco cidades candidatas à organização dos Jogos de 2024, anunciou hoje o Comité Olímpico Internacional (COI), que elegerá o anfitrião em setembro de 2017, em Lima.

A chama olímpica chegou por fim ao seu destino final: a cidade russa de Sochi, onde vão decorrer os Jogos Olímpicos de inverno, de 7 a 23 de fevereiro.

A chama olímpica chegou por fim ao seu destino final: a cidade russa de Sochi, onde vão decorrer os Jogos Olímpicos de inverno, de 7 a 23 de fevereiro.

ANATOLY MALTSEV

De fora da corrida ficaram Toronto e Baku, que abdicaram na reta final do prazo para a formalização das candidaturas, que encerrou na terça-feira.

"Temos cinco cidades com qualidades excecionais", comentou o presidente do COI, o alemão Thomas Bach, lembrando que o vencedor receberá um 'cheque' no valor de 1,5 mil milhões de euros como financiamento para a organização do maior evento desportivo mundial.

Los Angeles, que ocupou a 'vaga' dos Estados Unidos com a desistência de Boston, e Paris, considerada o 'berço' o olimpismo moderno, são apontadas como os 'pesos pesados' nesta candidatura.

Hamburgo apresentou, porém, um dossier ainda condicionado a referendo popular, agendado para 29 de novembro, pois serão os habitantes da cidade alemã a decidir em definitivo se aceitam a candidatura aos Jogos de 2024, numa altura em que as sondagens apontam para uma vitória clara do 'sim'.

Roma conta com o apoio total do governo italiano e Budapeste estará no final do 'pelotão', em virtude da pouca experiência em acolher grandes eventos desportivos e os poucos argumentos na área das infraestruturas.

A próxima edição dos Jogos Olímpicos está marcada para 2016, no Rio de Janeiro, enquanto Tóquio será o anfitrião em 2020.

Lusa

  • Meryl Streep mais uma vez candidata a um Óscar

    Óscares 2017

    Aos 67 anos, Meryl Streep soma mais uma nomeação para aqueles que são os prémios mais cobiçados de Hollywood. A atriz foi nomeada pela interpretação em "Florence, Uma Diva Fora de Tom". Esta é vigésima vez que a Academia reconhece o trabalho da atriz, que já levou o Óscar para casa três vezes.

    Miguel Domingos

  • Polanski recusa presidir aos "César" por caso de violação em 1977
    1:55

    Cultura

    Roman Polanski já não vai presidir à cerimónia dos prémios César, o equivalente aos Óscares em França. A decisão de se afastar foi tomada esta terça-feira pelo próprio cineasta, na sequência da polémica em que se viu envolvido assim que foi convidado. Em 1977, Polanski foi acusado de ter violado uma adolescente de 13 anos, na Califórnia, declarando-se culpado. O realizador foi agora pressionado por associações feministas, redes sociais e pela ministra francesa dos direitos das mulheres. O diretor do Festival de Cannes Thierry Fremaux diz que falou com o realizador e acha que não é necessário "adicionar mais problemas ao problema".

  • Marcelo quer fazer mais e melhor no segundo ano de mandato
    0:48
  • "Andem lá com isso!"
    0:42
  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.