sicnot

Perfil

Desporto

Brahimi com nova cláusula de rescisão de 60 milhões de euros

O FC Porto e o futebolista argelino Yacine Brahimi assinaram esta quinta-feira um novo contrato, com a cláusula de rescisão do médio portista a subir de 50 para 60 milhões de euros, segundo informa o clube.

A disputar a segunda época de dragão ao peito, o internacional argelino chegou ao FC Porto no início da temporada passada por uma verba de 6,5 milhões de euros, proveniente do Granada, de Espanha. (Arquivo)

A disputar a segunda época de dragão ao peito, o internacional argelino chegou ao FC Porto no início da temporada passada por uma verba de 6,5 milhões de euros, proveniente do Granada, de Espanha. (Arquivo)

© Miguel Vidal / Reuters

"A Futebol Clube do Porto -- Futebol, SAD vem comunicar, nos termos do artigo 248º nº1 do Código dos Valores Mobiliários, ter assinado um novo contrato com o atleta Yacine Brahimi, alterando a cláusula de rescisão de 50.000.000Euro para 60.000.000Euro", pode ler-se no comunicado enviado pelo FC Porto à Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários.

A disputar a segunda época de dragão ao peito, o internacional argelino, um dos 'intocáveis' no 11 titular de Julen Lopetegui, chegou ao FC Porto no início da temporada passada por uma verba de 6,5 milhões de euros, proveniente do Granada, de Espanha, tendo assinado um contrato válido até 2019.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.