sicnot

Perfil

Desporto

Fejsa ainda pode recuperar a tempo da receção ao Paços de Ferreira

Ljubomir Fejsa ainda pode recuperar a tempo da receção do Benfica ao Paços de Ferreira, da 6ª jornada da Primeira Liga. O médio sérvio falhou o clássico com o FC Porto devido a um traumatismo no pé direito.

A lesão não é grave e o sérvio poderá mesmo entrar nas contas de Rui Vitória para o encontro de sábado. (Arquivo)

A lesão não é grave e o sérvio poderá mesmo entrar nas contas de Rui Vitória para o encontro de sábado. (Arquivo)

© Hugo Correia / Reuters

A lesão não é grave e o sérvio poderá mesmo entrar nas contas de Rui Vitória para o encontro de sábado.

De resto, Salvio continua de fora por lesão no joelho direito. O extremo argentino está em Roma a recuperar da segunda cirurgia ao joelho.

O jogo Benfica - Paços de Ferreira vai realiza-se no próximo sábado, às 18:30, no Estádio da Luz, e vai ter arbitragem de Rui Costa, do Associação de Futebol do Porto.

  • Benfica só com derrotas fora de casa esta época
    1:08

    Desporto

    O Benfica procura recuperar da derrota no Dragão e sábado recebe o Paços de Ferreira, para a Liga. A derrota frente ao FC Porto foi a terceira da temporada, sendo que os encarnados ainda não ganharam esta temporada quando jogam fora.

  • Gonçalo Guedes garante que derrota no Dragão já ficou para trás
    0:43

    Desporto

    Gonçalo Guedes garante que a derrota no Dragão, frente ao FC Porto, já faz parte do passado e que as atenções do Benfica estão centradas no jogo com o Paços de Ferreira. A cumprir a primeira época na equipa principal, o jogador diz que tem aproveitado todas as oportunidades dadas por Rui Vitória.

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão