sicnot

Perfil

Desporto

Justiça brasileira congelou bens de Neymar no valor de 47,3 milhões de euros

A justiça brasileira ordenou esta sexta-feira o 'congelamento' dos bens do futebolista internacional brasileiro Neymar, atualmente ao serviço do Barcelona, num valor que ronda os 47,3 milhões de euros.

Segundo informa a justiça brasileira, esta medida é apenas uma forma de prevenção, depois de o jogador estar envolvido numa investigação de fraude e fuga aos impostos, entre 2011 e 2013. (Arquivo)

Segundo informa a justiça brasileira, esta medida é apenas uma forma de prevenção, depois de o jogador estar envolvido numa investigação de fraude e fuga aos impostos, entre 2011 e 2013. (Arquivo)

© Javier Barbancho / Reuters

Segundo informa a justiça brasileira, esta medida é apenas uma forma de prevenção, depois de o jogador estar envolvido numa investigação de fraude e fuga aos impostos, entre 2011 e 2013, enquanto ainda jogava no clube brasileiro do Santos.

O fisco brasileiro acredita que nesse período o avançado recebia 90% do seu salário em direitos de imagem, que eram diretamente depositados numa empresa do pai do avançado, e que, por isso, os rendimentos eram sujeitos a uma tributação menor.

Além disso, a transferência do Santos para o clube catalão está também a ser investigada, numa polémica que envolve também a empresa do pai do jogador.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Esforço dos contribuintes para salvar bancos deve ser minimizado, diz Draghi
    1:49