sicnot

Perfil

Desporto

Messi vai parar entre "sete a oito semanas"

O argentino Lionel Messi vai ficar afastado dos relvados entre "sete a oito semanas", depois de hoje se ter lesionado face ao Las Palmas, confirmou hoje o FC Barcelona, em comunicado.

© Sergio Perez / Reuters

"Os exames confirmaram que Leo Messi sofreu uma rotura no ligamento lateral interno do joelho esquerdo. A estimativa de paragem é de sete a oito semanas", anunciou o clube catalão.

Caso se confirme este cenário, o argentino falhará cinco jornadas da Liga espanhola, três da 'Champions' e os quatro primeiros jogos da Argentina de apuramento para o Mundial de 2018, podendo regressar face ao Real Madrid, a 21 de novembro.

O argentino lesionou-se logo aos três minutos, num choque com Bigas, quando rematava à baliza do Las Palmas, e foi substituído aos 10, por Munir. Deslocou-se de imediato a um hospital, do qual saiu a coxear e com o pior diagnóstico.

Sem Messi, foi o uruguaio Luis Suárez que 'salvou' a tarde ao 'Barça', com um 'bis', aos 25 e 54 minutos, num embate em que o brasileiro Neymar falhou uma grande penalidade, aos 66, ao atirar por cima da barra.

Aos 88 minutos, o Las Palmas ainda reduziu, por Jonathan Viera, mas o 'Barça', novamente muito perdulário, conseguiu segurar a vitória, que lhe permite ascender, à condição, à liderança da prova.

O FC Barcelona soma 15 pontos, mas pode ser ultrapassado ainda hoje por Real Madrid (anfitrião do Málaga) e Celta de Vigo (joga no reduto do Eibar), que contabilizam 13.

Lusa

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.