sicnot

Perfil

Desporto

Granada anuncia lesão de Miguel Lopes sem revelar tempo de paragem

O Granada, da I Liga espanhola de futebol, anunciou esta terça-feira que o defesa português Miguel Lopes sofreu uma contratura muscular na perna esquerda e que foi a principal ausência do treino, não adiantando o tempo de paragem do jogador.

Miguel Lopes cumpre a segunda temporada em Espanha, depois de já ter alinhado no Bétis de Sevilha na temporada 2010/2011.

Miguel Lopes cumpre a segunda temporada em Espanha, depois de já ter alinhado no Bétis de Sevilha na temporada 2010/2011.

© Sergio Perez / Reuters

O defesa de 28 anos, emprestado pelo Sporting, queixou-se de problemas físicos no final partida da sétima jornada da Liga espanhola, diante do Deportivo da Corunha, que terminou empatada 1-1, realizada no sábado.

Miguel Lopes cumpre a segunda temporada em Espanha, depois de já ter alinhado no Bétis de Sevilha na temporada 2010/2011, na altura por empréstimo do FC Porto.

O jogador português alinhou, até ao momento, em todas as partidas realizadas pelo emblema andaluz, que ocupa a última posição do campeonato espanhol, com apenas quatro pontos conquistados.

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras