sicnot

Perfil

Desporto

Granada anuncia lesão de Miguel Lopes sem revelar tempo de paragem

O Granada, da I Liga espanhola de futebol, anunciou esta terça-feira que o defesa português Miguel Lopes sofreu uma contratura muscular na perna esquerda e que foi a principal ausência do treino, não adiantando o tempo de paragem do jogador.

Miguel Lopes cumpre a segunda temporada em Espanha, depois de já ter alinhado no Bétis de Sevilha na temporada 2010/2011.

Miguel Lopes cumpre a segunda temporada em Espanha, depois de já ter alinhado no Bétis de Sevilha na temporada 2010/2011.

© Sergio Perez / Reuters

O defesa de 28 anos, emprestado pelo Sporting, queixou-se de problemas físicos no final partida da sétima jornada da Liga espanhola, diante do Deportivo da Corunha, que terminou empatada 1-1, realizada no sábado.

Miguel Lopes cumpre a segunda temporada em Espanha, depois de já ter alinhado no Bétis de Sevilha na temporada 2010/2011, na altura por empréstimo do FC Porto.

O jogador português alinhou, até ao momento, em todas as partidas realizadas pelo emblema andaluz, que ocupa a última posição do campeonato espanhol, com apenas quatro pontos conquistados.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.