sicnot

Perfil

Desporto

Jackson Martinez admite dificuldades de adaptação ao Atlético Madrid

O futebolista colombiano Jackson Martinez, que trocou o FC Porto pelo Atlético de Madrid, reconheceu na segunda-feira que tem sentido algumas dificuldades em adaptar-se aos 'colchoneros', embora já comece a "ver resultados".

"O importante é que se começam a ver alguns resultados", voltou a sublinhar Jackson Martinez, que marcou apenas um golo em sete jogos que disputou na liga espanhola com a camisola dos 'colchoneros'.

"O importante é que se começam a ver alguns resultados", voltou a sublinhar Jackson Martinez, que marcou apenas um golo em sete jogos que disputou na liga espanhola com a camisola dos 'colchoneros'.

© Juan Medina / Reuters

Em entrevista ao canal desportivo colombiano Win Sports, o goleador, que custou 35 milhões de euros aos madrilenos, desdramatizou, no entanto, as dificuldades iniciais no novo clube, já que "todas as mudanças suscitam dificuldades".

"O importante é que se começam a ver alguns resultados", voltou a sublinhar Jackson Martinez, que marcou apenas um golo em sete jogos que disputou na liga espanhola com a camisola dos 'colchoneros'.

Em três épocas ao serviço do FC Porto, Jackson Martinez apontou 92 golos em 136 jogos oficiais.

Atualmente, o avançado encontra-se com a seleção colombiana, que prepara a estreia no torneio sul-americano de qualificação para o Mundial2018, agendada para quinta-feira, com o Peru, em Barranquilla.

Lusa

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.