sicnot

Perfil

Desporto

Comissão antiviolência espanhola pede multas de 60 mil euros para adeptos do Benfica

A Comissão Nacional Antiviolência propõe multas de 60.001 euros a cada um dos cinco adeptos do Benfica que lançaram tochas durante o jogo da Liga dos Campeões de futebol com o Atlético de Madrid, no estádio Vicente Calderón.

ALBERTO MARTIN

Além disso, recomendou sanções de 6.000 euros para cada um dos adeptos 'encarnados' que, não tendo lançado, acenderam várias tochas dentro do estádio e propôs que os oito visados, todos identificados, sejam proibidos de entrar em recintos desportivos por um ano.

A comissão propôs também uma multa de 8.000 euros para o Atlético de Madrid "por deficiências nas medidas de controlo de acesso e permanência de espetadores ao não impedir que se introduzissem e posteriormente se acendessem nove tochas no interior do recinto".

Esta decisão surge dois dias depois de a UEFA ter anunciado a abertura de um inquérito pelos incidentes registados durante o jogo que o Benfica venceu por 2-1, prometendo conclusões para 15 de outubro, numa reunião da Comissão de Controlo, Ética e Disciplina.

O Benfica é visado por "distúrbios de adeptos, lançamento de objetos e tochas", enquanto o Atlético de Madrid será julgado pelo "bloqueio de escadas" do estádio Vicente Calderón.

No minuto 36 do jogo, poucos momentos depois de o Benfica ter feito o empate (1-1), adeptos "encarnados" acenderam tochas e lançaram algumas sobre seguidores "colchoneros" instalados num anel inferior das bancadas.

Lusa

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Ministro pede aos pais que vacinem os filhos e não vão "em modas"
    2:11

    Surto de sarampo

    O ministro da Saúde deixou esta terça-feira um apelo aos pais para vacinarem os filhos e não se deixarem ir em "modas". Adalberto Campos Fernandes vai reforçar as parcerias entre Ministério da Saúde e Educação. Durante a inauguração da unidade de saúde de Algés, o ministro deixou a garantia de que as novas medidas para combater epidemias como a do sarampo serão conhecidas no Dia Mundial da Criança.