sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho aconselha Capello a "falar de futebol" e não "comentar trabalho de colegas"

O técnico português do Chelsea, José Mourinho, reagiu esta quinta-feira às críticas do italiano Fabio Capello, garantindo que está determinado em dar a volta ao mau momento que atravessa o emblema londrino.

Em declarações ao diário italiano La Gazzetta dello Sport, Mourinho admite que não consegue "esconder a realidade do Chelsea", mas que tem a "certeza que vai dar a volta à situação", aconselhando ainda Capello a "falar de futebol" e a "não comentar o trabalho dos seus colegas" de profissão. (Arquivo)

Em declarações ao diário italiano La Gazzetta dello Sport, Mourinho admite que não consegue "esconder a realidade do Chelsea", mas que tem a "certeza que vai dar a volta à situação", aconselhando ainda Capello a "falar de futebol" e a "não comentar o trabalho dos seus colegas" de profissão. (Arquivo)

© Reuters Staff / Reuters

O técnico italiano, neste momento sem clube depois de ter sido despedido do comando técnico da Rússia, criticou os métodos de Mourinho, afirmando que o português "esgota os seus jogadores" em duas temporadas.

As críticas surgem no momento em que o Chelsea atravessa o pior início de época dos últimos 37 anos, ocupando a 16.ª posição na I Liga inglesa, com apenas oito pontos conquistados.

Em declarações ao diário italiano La Gazzetta dello Sport, Mourinho admite que não consegue "esconder a realidade do Chelsea", mas que tem a "certeza que vai dar a volta à situação", aconselhando ainda Capello a "falar de futebol" e a "não comentar o trabalho dos seus colegas" de profissão.

"Acho que ele devia falar de futebol e não comentar o trabalho dos seus colegas. Eu podia ter comentado o seu trabalho em Inglaterra ou na Rússia, mas nunca o fiz porque prefiro respeitar os maus momentos dos meus colegas", atirou Mourinho.

O técnico português acrescenta que "já tinha ouvido os comentários de Capello" quando treinou o Real Madrid e que agora teve a "confirmação em Londres".

O presidente do Chelsea, Roman Abramovich, garantiu a continuidade do técnico português, reiterando a confiança em Mourinho.

"Isso deixa-me orgulhoso. Demonstra a confiança que Abramovich tem no treinador que conquistou três títulos da Premier League com o seu clube. Eu quero agradecer-lhe por isso", concluiu o técnico luso.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.