sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho aconselha Capello a "falar de futebol" e não "comentar trabalho de colegas"

O técnico português do Chelsea, José Mourinho, reagiu esta quinta-feira às críticas do italiano Fabio Capello, garantindo que está determinado em dar a volta ao mau momento que atravessa o emblema londrino.

Em declarações ao diário italiano La Gazzetta dello Sport, Mourinho admite que não consegue "esconder a realidade do Chelsea", mas que tem a "certeza que vai dar a volta à situação", aconselhando ainda Capello a "falar de futebol" e a "não comentar o trabalho dos seus colegas" de profissão. (Arquivo)

Em declarações ao diário italiano La Gazzetta dello Sport, Mourinho admite que não consegue "esconder a realidade do Chelsea", mas que tem a "certeza que vai dar a volta à situação", aconselhando ainda Capello a "falar de futebol" e a "não comentar o trabalho dos seus colegas" de profissão. (Arquivo)

© Reuters Staff / Reuters

O técnico italiano, neste momento sem clube depois de ter sido despedido do comando técnico da Rússia, criticou os métodos de Mourinho, afirmando que o português "esgota os seus jogadores" em duas temporadas.

As críticas surgem no momento em que o Chelsea atravessa o pior início de época dos últimos 37 anos, ocupando a 16.ª posição na I Liga inglesa, com apenas oito pontos conquistados.

Em declarações ao diário italiano La Gazzetta dello Sport, Mourinho admite que não consegue "esconder a realidade do Chelsea", mas que tem a "certeza que vai dar a volta à situação", aconselhando ainda Capello a "falar de futebol" e a "não comentar o trabalho dos seus colegas" de profissão.

"Acho que ele devia falar de futebol e não comentar o trabalho dos seus colegas. Eu podia ter comentado o seu trabalho em Inglaterra ou na Rússia, mas nunca o fiz porque prefiro respeitar os maus momentos dos meus colegas", atirou Mourinho.

O técnico português acrescenta que "já tinha ouvido os comentários de Capello" quando treinou o Real Madrid e que agora teve a "confirmação em Londres".

O presidente do Chelsea, Roman Abramovich, garantiu a continuidade do técnico português, reiterando a confiança em Mourinho.

"Isso deixa-me orgulhoso. Demonstra a confiança que Abramovich tem no treinador que conquistou três títulos da Premier League com o seu clube. Eu quero agradecer-lhe por isso", concluiu o técnico luso.

Lusa

  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08
  • Reveladas escutas telefónicas entre Sócrates e Ricardo Salgado
    2:39

    Operação Marquês

    Após ser detido em 2014, Ricardo Salgado recebeu uma chamada de José Sócrates a dar o seu apoio. Nas escutas é possível perceber que o antigo primeiro-ministro fala de admiração pelo ex-banqueiro, depois de Sócrates ter garantido, na semana passada na RTP, que a relação com Ricardo Salgado era apenas institucional. Noutra conversa de Sócrates, desta vez com o advogado Daniel Proença de Carvalho, o ex-primeiro-ministro criticou Marcelo Rebelo de Sousa, quando este ainda era comentador e tinha comentado a queda do BES.