sicnot

Perfil

Desporto

Miguel Oliveira fica em segundo lugar no Grande Prémio do Japão

O português Miguel Oliveira (KTM) conquistou hoje o segundo lugar na corrida de Moto3 do Grande Prémio do Japão, 15.ª prova do Mundial de velocidade.

KIMIMASA MAYAMA

Depois de três vitórias, em Itália, Holanda e Espanha, Oliveira ficou em segundo no circuito de Motegui, atrás do italiano Niccolo Antonelli (Honda).

O português terminou a prova em 28.04,444 minutos, apenas mais 1,053 segundos que Antonelli.

O espanhol Jorge Navarro (Honda) assegurou o terceiro lugar, com o britânico Danny Kent (Honda), líder do Mundial, a terminar em sexto.

Os atrasos devido às condições meteorológicas fizeram que com que a corrida de Moto3 fosse reduzida para 13 voltas.

Quando faltam três provas para o final do Mundial, Miguel Oliveira segue no terceiro lugar do Mundial de pilotos, agora com 179 pontos. Kent continua a liderar, com 244 pontos, seguindo de Bastianini, com 188.

No próximo ano, Miguel Oliveira será 'promovido' à categoria de Moto2, escalão intermédio, ao serviço da Leopard Racing.

Lusa

  • Maria Cavaco Silva "muito espantada" com caso Raríssimas
    0:56

    País

    Maria Cavaco Silva disse hoje que ficou surpreendida e preocupada com as suspeitas de irregularidades na associação Raríssimas. A ex-primeira dama garante que desconhecia a situação e afirma que Portugal não é "abonado" ao ponto de poder desperdiçar o trabalho feito, lembrando que os utentes não podem sofrer com a polémica.

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • "O futuro da Autoeuropa não está em causa"
    0:43

    Economia

    O secretário de Estado do Trabalho apelou a que os partidos não se intrometam nas negociações entre os trabalhadores e a administração da Autoeuropa. Em entrevista à Edição da Noite da SIC Notícias, Miguel Cabrita afastou a hipótese de estar em causa o encerramento da fábrica de Palmela. 

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28