sicnot

Perfil

Desporto

Telma Monteiro fora dos pré-eleitos para Desportista do Ano

A Confederação do Desporto de Portugal (CDP) revelou esta segunda-feira os candidatos indicados pelas federações desportivas para os prémios 'Desportistas do Ano', numa lista na qual não se encontra Telma Monteiro.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Kai Pfaffenbach / Reuters

A grande surpresa na listagem é a não inclusão da campeã europeia Telma Monteiro, que em 2014 conquistou o 'tri' de títulos de atleta feminina do ano e este ano se viu suplantada por Joana Diogo, vice-campeã europeia de juniores (-48 kg), na indicação da Federação Portuguesa de Judo.

No setor masculino destaque também para a ausência do piloto Paulo Gonçalves, do remador Pedro Fraga e do mesa-tenista Marcos Freitas, que estiveram entre os cinco nomeados do ano passado, e de Cristiano Ronaldo, preterido na nomeação da Federação Portuguesa de Futebol em detrimento de William Carvalho.

Na lista está, contudo, Rui Costa, que em 2014 igualou o recorde de três distinções consecutivas do atleta Nelson Évora, novamente nomeado este ano.

Nas listas apresentadas pela CDP, por indicação da cada uma das federações nacionais, nas categorias de atleta masculino, atleta feminino, jovem promessa, treinador e equipa, pontificam campeões e medalhados em campeonatos do mundo e da Europa.

Este prémio é atribuído anualmente pela Confederação do Desporto de Portugal no decorrer da Gala do Desporto, que terá lugar, a 11 de novembro, no Casino do Estoril.

Após a indicação das federações, um júri composto por mais de uma centena de personalidades ligadas ao desporto vai eleger os cinco candidatos finais de cada categoria.

No dia 28 de outubro, na Praça Central do Centro Comercial Colombo, em Lisboa, serão divulgados os nomes dos finalistas que passam às votações finais.

Os vencedores de cada uma das cinco categorias irão ser anunciados no dia 11 de novembro, na 20.ª Gala do Desporto, após o apuramento dos resultados da votação online, aberta ao público em geral, e das personalidades presentes no evento.

Lusa

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.