sicnot

Perfil

Desporto

Cissokho e Lichnovsky novidades nos convocados do FC Porto frente ao Varzim

Herrera, Varela, Lichnovsky e Cissokho renderam esta sexta-feira Maxi Pereira, Maicon, Marcano e Rúben Neves na convocatória do FC Porto para o jogo de sábado com o Varzim, da II Liga, na terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol.

Cissokho deve ser titular na Póvoa. (Arquivo)

Cissokho deve ser titular na Póvoa. (Arquivo)

De acordo com a nota publicada no sítio dos 'dragões', o treinador Julen Lopetegui já contou para a sessão de preparação de hoje com Gudiño, Maxi Pereira, Layún, Herrera e Corona, regressados dos compromissos das respetivas seleções.

O espanhol Marcano, que treinou de forma condicionada e realizou ginásio, e o brasileiro Maicon, em tratamento à lesão sofrida no jogo com o Belenenses, são os únicos jogadores que constam do boletim clínico dos 'dragões' e encontram-se fora dos convocados.

De regresso aos eleitos, em relação ao jogo com o Belenenses, estão Herrera, Varela e Cissokho, sendo ainda e assinalar a estreia do jovem Lichnovsky.

O plantel do FC Porto volta a treinar pelas 10:30 horas de sábado, à 'porta fechada', desta vez no Estádio do Dragão.

Lista de 18 convocados:

- Guarda-redes: Helton e Casillas.

- Defesas: Martins Indi, Lichnovsky, Cissokho e Miguel Layún.

- Médios: Imbula, André André, Herrera, Danilo e Evandro.

- Avançados: Varela, Brahimi, Aboubakar, Osvaldo, Tello, Corona e Bueno.

Lusa

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.