sicnot

Perfil

Desporto

Inter vence em Bolonha e sobe à liderança da Liga italiana

O Inter de Milão subiu esta terça-feira ao primeiro lugar da liga italiana de futebol (Serie A), depois de vencer em Bolonha por 1-0, no jogo de arranque da décima jornada da competição.

A equipa de Mião chega aos 21 pontos e ultrapassa a Roma, que tem 20 pontos e ainda vai jogar na quarta-feira, na receção à Udinese.

A equipa de Mião chega aos 21 pontos e ultrapassa a Roma, que tem 20 pontos e ainda vai jogar na quarta-feira, na receção à Udinese.

GIORGIO BENVENUTI / Lusa

A equipa de Mião chega aos 21 pontos e ultrapassa a Roma, que tem 20 pontos e ainda vai jogar na quarta-feira, na receção à Udinese.

No estádio Renato Dall'Ara o único golo da noite foi apontado pelo argentino Mauro Icardi, a passe do internacional sérvio Adem Ljalic, aos 67 minutos.

O golo do Inter chegou quando a equipa estava em inferioridade numérica, depois da expulsão do brasileiro Felipe Melo, aos 60 minutos, por segundo cartão amarelo.

A jornada prossegue quarta-feira, com a ida do Fiorentina, de Paulo Sousa, atual quarto classificado, ao terreno do Verona. O Nápoles, que é terceiro, recebe o Palermo.

Lusa

  • Uma viagem pela Estrada Nacional 236
    2:52
  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43
  • Marcelo reúne-se na quarta-feira com Putin

    País

    O Presidente da República reúne-se na quarta-feira, em Moscovo, com o líder russo, Vladimir Putin, informou este domingo a Presidência. Marcelo Rebelo de Sousa estará na capital da Federação Russa para assistir ao jogo da seleção portuguesa na fase final do Mundial de Futebol com a equipa de Marrocos

  • Novo busto de Ronaldo foi pedido pelo Museu CR7
    2:07
  • Grécia e Macedónia assinam acordo histórico
    2:02

    Mundo

    A Grécia e a Macedónia assinaram um acordo histórico para mudar o nome da antiga República Jugoslava para República da Macedónia do Norte. Em causa está um problema diplomático entre os dois países que dificultou os planos da Macedónia em aderir à União Europeia e às Nações Unidas.