sicnot

Perfil

Desporto

Vasco Ribeiro falha final e termina etapa do circuito mundial de surf em 3º

O wild-card português Vasco Ribeiro falhou hoje o acesso à final da etapa portuguesa do circuito mundial de surf, em Peniche, ao perder nas meias-finais frente ao brasileiro Italo Ferreira.

Vasco Ribeiro, Peniche, 27 de outubro de 2015

Vasco Ribeiro, Peniche, 27 de outubro de 2015

JOSE SENA GOULAO / Lusa

Na praia de Supertubos, Vasco Ribeiro conquistou 9,10 pontos (3,6 e 5,5), contra 13,37 (5,87 e 7,5) de Italo Ferreira, que 'vingou' hoje a derrota na final do mundial de juniores frente ao português, a 29 de outubro de 2014, na Ericeira.

Mesmo assim, na sua estreia, o campeão do mundo de juniores, de 20 anos, igualou os melhores resultados portugueses em etapas do circuito mundial, todos obtidos por Tiago Pires, que, durante os sete anos entre a elite, chegou por três vezes às meias-finais.

'Saca' foi terceiro classificado no Rip Curl Pro Search, em Bali, em 2008, no Quiksilver Pro France, em Hossegor, em 2009, e no Quiksilver Pro Gold Coast, na Austrália, em 2011, tendo sido afastado das finais por Freddy Patacchia Jr, Mick Fanning e Kelly Slater, respetivamente.

Na final do Moche Rip Curl Pro Portugal, da 10.ª e penúltima etapa do circuito, Italo Ferreira, oitavo do circuito, vai defrontar o compatriota Filipe Toledo, sexto da hierarquia.

Lusa

  • Polémica "Supernanny" em debate hoje na SIC
    2:25
  • Centeno aponta para a reforma e expansão do euro
    0:32

    Economia

    O ministro das Finanças português participa hoje na primeira reunião enquanto presidente do Eurogrupo. À entrada para o encontro dos ministros das Finanças da moeda única, Mário Centeno apontou a reforma do Euro como um dos principais desafios do mandato que agora inicia. 

  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    O Ministério Público espanhol pediu ao tribunal supremo para voltar a emitir um mandado europeu de detenção contra o ex-presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, que se deslocou à Dinamarca para participar numa conferência. O Supremo rejeitou no entanto o pedido. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".