sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa vence torneio de ténis de Valência

O tenista português João Sousa, 46º do ranking mundial, conquistou hoje o torneio espanhol de Valência, ao derrotar na final o espanhol Roberto Bautista Agut em três sets 3-6, 6-3 e 6-4. Satisfeito, diz que é um "ano que acaba da melhor forma".

KAI FOERSTERLING / EPA

João Sousa, que defrontou Agut pela segunda vez esta temporada, depois de o ter derrotado nas meias-finais do torneio croata de Umag, necessitou de 1:53 horas para levar de vencida o sétimo cabeça de série do torneio.

Esta foi a quarta final disputada em 2015 por João Sousa, mas apenas a primeira vitória, que junta assim ao único triunfo que detinha no circuito profissional, quando venceu em Kuala Lumpur em 2013.

"Ano acaba da melhor forma"

"Estou muito contente por este título e acabar o ano da melhor forma, depois de ter perdido as últimas cinco finais", disse o tenista luso ainda no court de Valência.

João Sousa agradeceu a todos os que o têm acompanhado, em especial à família, e deixou também palavras de apreço para o adversário, de quem disse ser um amigo.

"Queria dar os parabéns ao Roberto. Sei que é difícil, joguei no Estoril e não passei da primeira ronda. Fez um grande torneio, sou muito amigo dele e gostava que ganhasse, mas não que fosse contra mim", disse Sousa, dirigindo-se a Bautista Agut.

O português, que ao que tudo indica subirá ao 33.º lugar do ranking mundial ATP, o seu melhor de sempre e de um português, mereceu igualmente palavras de incentivo do espanhol, que falou exatamente nessa subida.

Os dois finalistas deixaram também elogios à organização do torneio, a cargo do ex-tenista espanhol Juan Carlos Ferrero, um antigo vencedor do Estoril Open e de quem disseram ser "um ídolo".

Com Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.