sicnot

Perfil

Desporto

Federer desmente que se vá retirar após Jogos Olímpicos de 2016

O tenista suíço Roger Federer desmentiu esta terça-feira que tenha intenção de se retirar após os Jogos Olímpicos Rio2016, no decurso dos quais festejará o seu 35º aniversário.

O recordista de títulos do Grand Slam (17) recordou que tem o hábito de planificar a época com mais de um ano de avanço e assumiu que 2017 já está programado.

O recordista de títulos do Grand Slam (17) recordou que tem o hábito de planificar a época com mais de um ano de avanço e assumiu que 2017 já está programado.

© Arnd Wiegmann / Reuters

"Nunca disse que depois do Rio poria um ponto final na minha carreira. Disse, simplesmente, que era o meu próximo objetivo a longo prazo", frisou o número dois mundial, em Paris, na véspera da sua entrada em competição do Masters 1000 de Bercy.

O recordista de títulos do Grand Slam (17) recordou que tem o hábito de planificar a época com mais de um ano de avanço e assumiu que 2017 já está programado.

"Como não sei quando será o final, é assim que planifico, até ao infinito, se quiserem", acrescentou.

Federer, que a 8 de agosto de 2016 cumpre 35 anos, mantém-se no topo do ténis mundial, sendo 'vice' de Novak Djokovic.

Apesar de não ter vencido qualquer 'Grand Slam', disputou as finais de Wimbledon e do Open dos Estados unidos, perdendo para o sérvio, e venceu seis torneios este ano, o último dos quais no domingo, em Basileia, diante do eterno rival Rafael Nadal.

A única lacuna no currículo de suíço é mesmo a medalha de ouro olímpica de singulares.

Lusa

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.