sicnot

Perfil

Desporto

FIFA obriga Palestina a defrontar Arábia Saudita e Malásia em terreno neutro

A Palestina vai defrontar a Arábia Saudita e a Malásia em terreno neutro, anunciou hoje a FIFA, invocando "razões de segurança" para alterar o local dos jogos de qualificação para o Campeonato do Mundo de futebol de 2018.

Arquivo Reuters

A decisão foi tomada após uma reunião entre técnicos de segurança da FIFA e elementos das autoridades locais, um dia depois de a Arábia Saudita ter informado o organismo regulador do futebol mundial que iria faltar ao jogo marcado para quinta-feira, em Ramallah.

A FIFA explica em comunicado que a razão para o recuo na decisão de fazer disputar o encontro em Ramallah está a incapacidade dos responsáveis palestinianos em "assegurar as condições de segurança necessárias para a realização do jogo".

A FIFA tinha antes rejeitado a pretensão da Arábia Saudita, que alegou "circunstâncias excecionais" para pedir a realização em terreno neutro do encontro entre as duas seleções, inicialmente marcado para 21 de outubro, mas que foi adiado para 05 de novembro.

A partida com a seleção saudita ficou agora marcada para 09 de novembro, três dias antes do embate com a Malásia, que vai disputar-se a 12, na data inicialmente prevista, ficando a Palestina encarregada de encontrar um terreno neutro onde os encontros se possam realizar.

A Palestina já tinha aceitado alterar a ordem dos jogos do Grupo A de apuramento -- que integra também Timor-Leste -, uma vez que deveria ter jogado inicialmente em casa, em junho, mas acedeu a deslocar-se à cidade saudita de Jeddah, onde perdeu por 3-2.

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30, marcando o reinício da sessão para as 14:15. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

    Em atualização

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.