sicnot

Perfil

Desporto

Nuno Espírito Santo "envergonhado" com prestação do Valência frente ao Gent

O treinador do Valência, Nuno Espírito Santo, afirmou-se hoje "envergonhado" perante o desempenho da sua equipa no jogo contra o Gent a contar para o Grupo H da Liga dos Campeões, que os valencianos perderam por 1-0.

LAURENT DUBRULE

"Não fomos a equipa que costumamos ser e queremos ser no futuro. Estamos envergonhados com a imagem que transmitimos. É óbvio que o que aconteceu não é claramente a imagem que queremos dar. Foi uma muito má partida, sobretudo na primeira parte, durante a qual não igualámos em agressividade e não jogámos", disse.

O técnico português considerou ser agora o momento de "refletir sobre questões individuais que é necessário melhorar bastante".

"Ainda não encontrámos o caminho da equipa que éramos antes", salientou.

O Valência é segundo no Grupo H, atrás do Zenit de São Petersburgo de André Villas-Boas, que ficou hoje apurado para os oitavos de final da 'Champions'.

Lusa

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.