sicnot

Perfil

Desporto

Presidente do Real Madrid acredita na inocência de Benzema

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, expressou hoje o seu "total apoio" e "confiança na bondade da ação e na inocência" de Benzema, em relação ao caso de tentativa de chantagem que envolve o avançado francês.

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez.

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez.

Paul White / AP

O clube informou também que o avançado regressou esta tarde "aos treinos na Cidade Real Madrid depois de prestar declarações às autoridades francesas na cidade de Versalhes", depois de ter sido formalmente acusado de cumplicidade na tentativa de chantagem ao seu compatriota Mathieu Valbuena, com o qual está proibido de contactar.

No comunico emitido no sítio oficial do Real Madrid na internet, pode ler-se ainda que "o clube valoriza e reconhece o seu [Benzema] compromisso profissional, o seu companheirismo demonstrado e a sua atitude intocável no seio do plantel".

Hoje, o jogador tinha admitido estar envolvido na tentativa de chantagem ao médio do Lyon Mathieu Valbuena, com um vídeo de cariz sexual, segundo indicou à agência AFP uma fonte ligada ao processo.

"Karim Benzema admitiu ter falado com Valbuena a pedido de um amigo de infância, que foi abordado por três chantagistas que estavam na posse de um vídeo de sexo", revelou a mesma fonte.

O avançado, detido na quarta-feira para interrogatório, foi ouvido hoje por um juiz de instrução.

O veterano futebolista francês Djibril Cissé, de 34 anos, também chegou a ser detido pelas autoridades no âmbito do mesmo processo, mas acabou libertado, a 13 de outubro.

Outras três pessoas foram também detidas por suspeita de terem chantageado Valbuena com um vídeo de cariz de sexual que envolve o jogador do Lyon.

No 'coração' da investigação está um vídeo de cariz sexual em que aparecerá Valbuena e que terá servido para chantagear o jogador.

Lusa

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.