sicnot

Perfil

Desporto

Telma Santos eliminada nos "quartos" nos Internacionais de Porto Rico

Telma Santos perdeu hoje por 2-1 com a húngara Laura Sarosis nos quartos de final dos Internacionais de Porto Rico em badminton, que se estão a disputar em San Juan.

(arquivo)

(arquivo)

REUTERS

A atleta portuguesa, atual 136.ª do "ranking" mundial, foi afastada do torneio pela quarta cabeça de série e soma mais 1.370 pontos para o "ranking" mundial e de apuramento olímpico "Race to Rio".

Depois de Porto Rico, volta a competir nos Internacionais do Suriname, de 18 a 21 em Paramaribo.

"Não deu... Talvez com um pouco mais de calma no fim do primeiro 'set' pudesse ter vencido em dois 'sets'. Senti dificuldade em recuperar depois de cada jogada longa. Muita humidade. Venceu quem falhou menos e se apresentou melhor a nível de resistência física", comentou a jogadora no final do torneio, na sua página de Facebook.

"Agora tenho duas hipóteses... baixar os braços ou levantar já e seguir em frente pensando no Suriname. Eu escolho a segunda", acrescentou a jogadora portuguesa.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.