sicnot

Perfil

Desporto

UEFA condena Dínamo Kiev a dois jogos à porta fechada

O Dínamo Kiev, adversário do FC Porto na Liga dos Campeões de futebol, foi esta quarta-feira condenado pelo órgão disciplinar da UEFA a disputar dois jogos à porta fechada, podendo aumentar para três caso reincida nos próximos três anos.

O Dínamo Kiev começa a cumprir a pena na receção ao Maccabi Telavive, a 9 de dezembro, em jogo da sexta jornada da Champions. (Arquivo)

O Dínamo Kiev começa a cumprir a pena na receção ao Maccabi Telavive, a 9 de dezembro, em jogo da sexta jornada da Champions. (Arquivo)

© Gleb Garanich / Reuters

Em causa estão as ocorrências registadas no terceiro jogo do Grupo G da Liga dos Campeões, que opôs o Dínamo Kiev ao Chelsea (0-0), nomeadamente, segundo o Comité de Controlo, Ética e Disciplinar da UEFA, comportamento racista dos adeptos ucranianos, distúrbios entre o público e bloqueio de acessos.

"O Dínamo Kiev foi condenado a disputar os seus próximos três jogos das competições da UEFA como anfitrião à porta fechada. O terceiro jogo fica suspenso por um período probatório de três anos", lê-se no comunicado da UEFA, acrescentando que o emblema dos portugueses Miguel Veloso e Antunes foi também multado em 100.000 euros.

O Dínamo Kiev começa a cumprir a pena na receção ao Maccabi Telavive, a 9 de dezembro, em jogo da sexta jornada da Champions.

O campeão ucraniano, que ocupa o terceiro lugar da 'poule' com oito pontos, menos dois do que FC Porto e Chelsea, já defrontou duas vezes os 'dragões', tendo vencido no Porto, por 2-0, na terça-feira, e empatado em Kiev, 2-2, em 16 de setembro.

Este ano, o campeão ucraniano já tinha sido multado em 15.000 euros pela UEFA por comportamento racista dos seus adeptos no jogo da Liga Europa frente ao Everton, bem como pelo lançamento de tochas e organização insuficiente, tendo, na altura, determinado o encerramento parcial do estádio na primeira mão dos quartos de final da Liga Europa, frente à Fiorentina.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.