sicnot

Perfil

Desporto

Ronaldo diz que Real Madrid fez um jogo muito bom tirando os últimos 15 minutos

O futebolista português Cristiano Ronaldo considerou na quarta-feira que o Real Madrid fez um jogo muito bom, apesar dos últimos 15 minutos, em que permitiu que o Shakhtar Donetsk recuperasse de 4-0 para 4-3.

© Gleb Garanich / Reuters

"O importante é que o Real Madrid jogou bem, com confiança, tirando os últimos 15 minutos jogámos muito bem", disse Ronaldo, ao site da UEFA, após o triunfo dos 'merengues' na quinta jornada da Liga dos Campeões.

Cristiano Ronaldo bisou na partida, aos 18 e 70 minutos, e ainda fez as assistências para Modric (50) e Carvajal (52), com o conjunto ucraniano a marcar três golos nos últimos 15 minutos, por Alex Teixeira, aos 77 e 88, o primeiro de grande penalidade, e por Dentinho, aos 83.

"Acho que começámos muito bem o jogo, marcámos um golo, depois disso controlámos o jogo, criámos mais hipóteses. Na segunda parte fizemos o mesmo, marcámos mais três golos, estávamos sólidos, compactos, a jogar bem, com confiança, mas nos últimos 15 minutos relaxámos e o Shakhtar marcou", afirmou.

O Real Madrid já estava qualificado para os 'oitavos' da Liga dos Campeões e segue na primeira posição do Grupo A, com 13 pontos, mais três do que o Paris Saint-Germain, também qualificado, e mais 10 do que Shakhtar e Malmoe.

Lusa

  • Incêndios causaram 76 feridos no espaço de uma semana
    0:34

    País

    No espaço de uma semana, 76 pessoas ficaram feridas, incluindo seis com gravidade, durante os incêndios florestais. Na conferência de imprensa desta tarde, a Proteção Civil explicou que há cinco planos municipais de emergência ativos por causa das chamas.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.