sicnot

Perfil

Desporto

Valbuena diz que Benzema o aconselhou "indiretamente" a ceder às chantagens

O futebolista francês Mathieu Valbuena admitiu que o colega de seleção Karim Benzema, acusado de cumplicidade em tentativa de chantagem, lhe disse "indiretamente" que tinha de ceder às exigências monetárias no caso do vídeo sexual.

© Robert Pratta / Reuters

Benzema, colega de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, é acusado de cumplicidade na tentativa de chantagem e conspiração em ato criminal, o que é punível com um mínimo de cinco anos de prisão, na tentativa de chantagem com um vídeo de cariz sexual em que estará implicado Valbuena.

Em entrevista ao jornal Le Monde, Valbuena, que falou pela primeira vez do caso, admitiu que Benzema o aconselhou "indiretamente" a ceder à chantagem, "sem ser agressivo e nunca se referir a dinheiro em concreto".

"Mas quando alguém insiste que conhece alguém... desconfiamos. Não gosto de ser tratado como idiota. Estou muito desapontado e a minha relação com Benzema não é assim tão sincera como ele quer fazer crer", disse Valbuena ao jornal francês.

Benzema já admitiu à polícia judiciária de Versalhes "ter servido de intermediário" entre Valbuena e o seu amigo de infância Karim Zenati, apresentado no inquérito como o porta-voz de três chantagistas.

Os inquiridores estão na posse de uma escuta telefónica entre Benzema e Zenati, em que o avançado diz ao seu amigo ter abordado o assunto com Valbuena.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.