sicnot

Perfil

Desporto

Valbuena diz que Benzema o aconselhou "indiretamente" a ceder às chantagens

O futebolista francês Mathieu Valbuena admitiu que o colega de seleção Karim Benzema, acusado de cumplicidade em tentativa de chantagem, lhe disse "indiretamente" que tinha de ceder às exigências monetárias no caso do vídeo sexual.

© Robert Pratta / Reuters

Benzema, colega de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, é acusado de cumplicidade na tentativa de chantagem e conspiração em ato criminal, o que é punível com um mínimo de cinco anos de prisão, na tentativa de chantagem com um vídeo de cariz sexual em que estará implicado Valbuena.

Em entrevista ao jornal Le Monde, Valbuena, que falou pela primeira vez do caso, admitiu que Benzema o aconselhou "indiretamente" a ceder à chantagem, "sem ser agressivo e nunca se referir a dinheiro em concreto".

"Mas quando alguém insiste que conhece alguém... desconfiamos. Não gosto de ser tratado como idiota. Estou muito desapontado e a minha relação com Benzema não é assim tão sincera como ele quer fazer crer", disse Valbuena ao jornal francês.

Benzema já admitiu à polícia judiciária de Versalhes "ter servido de intermediário" entre Valbuena e o seu amigo de infância Karim Zenati, apresentado no inquérito como o porta-voz de três chantagistas.

Os inquiridores estão na posse de uma escuta telefónica entre Benzema e Zenati, em que o avançado diz ao seu amigo ter abordado o assunto com Valbuena.

Lusa

  • "Estamos a investir na nossa própria desgraça"
    0:37
  • Saída dos EUA do acordo de Paris é "uma vergonha"

    Mundo

    O ex-secretário de Estado norte-americano John Kerry considerou esta terça-feira "uma vergonha" a decisão do Presidente Donald Trump de retirar os Estados Unidos do acordo do clima de Paris, garantindo que o povo não acompanha esse gesto de "autodestruição".

  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43