sicnot

Perfil

Desporto

Valbuena diz que Benzema o aconselhou "indiretamente" a ceder às chantagens

O futebolista francês Mathieu Valbuena admitiu que o colega de seleção Karim Benzema, acusado de cumplicidade em tentativa de chantagem, lhe disse "indiretamente" que tinha de ceder às exigências monetárias no caso do vídeo sexual.

© Robert Pratta / Reuters

Benzema, colega de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, é acusado de cumplicidade na tentativa de chantagem e conspiração em ato criminal, o que é punível com um mínimo de cinco anos de prisão, na tentativa de chantagem com um vídeo de cariz sexual em que estará implicado Valbuena.

Em entrevista ao jornal Le Monde, Valbuena, que falou pela primeira vez do caso, admitiu que Benzema o aconselhou "indiretamente" a ceder à chantagem, "sem ser agressivo e nunca se referir a dinheiro em concreto".

"Mas quando alguém insiste que conhece alguém... desconfiamos. Não gosto de ser tratado como idiota. Estou muito desapontado e a minha relação com Benzema não é assim tão sincera como ele quer fazer crer", disse Valbuena ao jornal francês.

Benzema já admitiu à polícia judiciária de Versalhes "ter servido de intermediário" entre Valbuena e o seu amigo de infância Karim Zenati, apresentado no inquérito como o porta-voz de três chantagistas.

Os inquiridores estão na posse de uma escuta telefónica entre Benzema e Zenati, em que o avançado diz ao seu amigo ter abordado o assunto com Valbuena.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.