sicnot

Perfil

Desporto

Clássico entre Sporting e FC Porto joga-se em Alvalade a 2 de janeiro

O clássico entre Sporting, líder do campeonato, e FC Porto, segundo, da 15ª jornada da Primeira Liga, disputa-se a 2 de janeiro, às 20:45, em Alvalade, anunciou esta terça-feira a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

© Hugo Correia / Reuters

Nessa mesma 15.ª jornada, o bicampeão Benfica, que segue na terceira posição, visita o Vitória de Guimarães, igualmente a 2 de janeiro, a partir das 18:30.

A LPFP agendou também os encontros das 13.ª e 14.ª jornadas. Na primeira, o Sporting recebe o Moreirense a 13 de dezembro, a partir das 18:15, enquanto o FC Porto visita o Nacional no mesmo dia, mas às 16:00.

O Benfica joga um dia antes no terreno do Vitória de Setúbal, num jogo que ficou marcado para as 20:45.

Na 14.ª jornada, o líder do campeonato desloca-se à Madeira para jogar com o União, a 20 de dezembro, a partir das 18:15.

O FC Porto recebe no mesmo dia, às 20:30, a Académica, enquanto o Benfica joga na Luz com o Rio Ave, às 16:00.

Lusa

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.