sicnot

Perfil

Desporto

Congeladas contas de ex-presidente das Honduras Rafael Callejas

O Ministério Público das Honduras informou hoje que congelou três contas bancárias do antigo presidente Rafael Callejas e de Alfredo Hawit, um dos vice-presidentes da FIFA, por alegada ligação ao escândalo de corrupção naquela organização internacional de futebol.

© Jorge Cabrera / Reuters

Na sua conta oficial de Twitter, o MP hondurenho acrescenta que uma outra conta, de María Asfura, mulher de Hawit, também foi congelada, no seguimento da detenção, sexta-feira em Zurique (Suíça), de Alfredo Hawit, onde se encontrava para uma reunião da FIFA.

Callejas, que foi presidente das Honduras entre 1990 e 1994, dirigiu a federação hondurenha de futebol até agosto, quando foi substituído por Hawit, igualmente presidente da confederação das Américas do Norte e Central e Caraíbas (CONCACAF).

A Procuradora-Geral dos Estados Unidos, Loretta Lynch, revelou sexta-feira novas acusações contra Callejas e 15 outros altos dirigentes da FIFA, no ativo ou já retirados, a quem acusa de "sequestrar" o desporto para enriquecer, ao longo de 24 anos.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.