sicnot

Perfil

Desporto

Euro 2016 vai ter um total de prémios de 300 milhões de euros

A UEFA anunciou hoje que o Euro2016 de futebol, que terá pela primeira 24 seleções, incluindo Portugal, vai ter um total de 300 milhões de euros em prémios, com o vencedor a poder arrecadar 27 milhões.

© Eric Gaillard / Reuters

Na véspera do sorteio da fase final do Europeu de França, o organismo revelou um aumento de mais de 50 por cento em relação à prova que aconteceu há quatro anos na Polónia e Ucrânia, na altura com apenas 16 equipas, que teve um total de 196 milhões de euros.

Só por participar, Portugal e as restantes seleções vão receber oito milhões de euros, com uma vitória na fase de grupos a valer um milhão e o empate 500 mil.

O apuramento para os oitavos de final garante mais 1,5 milhões de euros, enquanto os 'quartos' têm 2,5 milhões como prémio e as meias-finais quatro milhões.

O vencedor da final, agendada para 10 de julho, no Stade de France, arrecada oito milhões, enquanto o vencido ficará com cinco milhões.

"A seleção que conquistar o Europeu, caso vença todos os jogos na fase de grupos, terá um prémio total de 27 milhões de euros, mais quatro milhões e meio do que em 2012", lê-se no comunicado da UEFA.

O Euro2016 vai decorrer em França de 10 de junho a 10 de julho.

Lusa

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • Erdogan vence eleições na Turquia que marcam a passagem para um regime presidencialista

    Mundo

    O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, obteve nas eleições de domingo mais que os 50% de votos necessários para ser eleito à primeira volta para um novo mandato presidencial com poderes reforçados, anunciaram hoje as autoridades eleitorais. Estas eleições são particularmente importantes porque representam a passagem do sistema parlamentar até agora em vigor para um regime presidencialista, que permitirá a Erdogan aumentar consideravelmente as suas prerrogativas.

  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.

  • Líderes europeus assinalam progressos para alcançar acordo sobre migrações
    2:02