sicnot

Perfil

Desporto

Benfica-Zenit na Liga dos Campeões

O Benfica vai enfrentar nos oitavos de final da Liga dos Campões os russos do Zenit, de André Villas-Boas, o cabeça de série teoricamente menos complicado, reeditando o confronto de 2011/12, que, então, ultrapassou.

Benfica e Zenit volta a encontrar-se na "Champions" depois de terem disputado a fase de grupos na época passada

Benfica e Zenit volta a encontrar-se na "Champions" depois de terem disputado a fase de grupos na época passada

© Rafael Marchante / Reuters

O primeiro encontro realiza-se no Estádio da Luz, em Lisboa, a 16 de fevereiro de 2016, e a segunda em São Petersburgo, a 9 de março.

Os jogos dos oitavos-de-final:

  • Gent (Bel) x Wolfsburgo (Ale)
  • Roma (Ita) x Real Madrid (Esp)
  • Paris Saint-German (Fra) x Chelsea (Ing)
  • Arsenal (Ing) x Barcelona (Esp)
  • Juventus (Ita) x Bayern (Ale)
  • PSV Eidhoven (Hol) x Atlético Madrid (Esp)
  • Benfica (Por) x Zenit (Rus)
  • Dynamo Kiev (Ucr) x Man. City (Ing)

Há quatro anos, os encarnados perderam por 3-2 em St. Petersburgo, mas corrigiram na Luz, com um triunfo por 2-0, selado com tentos do agora portista Maxi Pereira e de Nelson Oliveira, que joga emprestado no Nottingham Forest.

Depois desse duelo, os dois clubes já se voltaram a encontrar, na fase de grupos da edição da época passada e, então, os russos levaram a melhor, vencendo na Luz por 2-0 e em São Petersburgo por 1-0, mas falharam ambos os 'oitavos'.

A formação da Luz volta a defrontar o Zenit e reencontra, assim, vários jogadores que passaram pelo clube, como Garay, Javi Garcia e Witsel. Também terá pela frente o ex-portista Hulk e os internacionais portugueses Danny e Luís Neto.

O conjunto russo foi um dos destaques da fase de grupos, ao vencer os primeiros cinco encontros, falhando, já apurado, o pleno na última ronda, ao perder por 2-1 no reduto do Gent, num jogo em que Villas-Boas poupou alguns jogadores.

O Zenit dominou por completo o Grupo H, muito por culpa também da crise de Valência (nono na Liga espanhola) e Lyon (sexto na Liga francesa), equipas que acabaram superadas pelos belgas, que seguiram pela primeira vez para os oitavos.

Além dos jogadores que passaram pelo campeonato luso, acima de todos o internacional brasileiro Hulk, o Zenit tem como estrelas o gigante ponta de lança Artem Dzyuba e o médio Oleg Shatov.

Internamente, os comandados de André Villas-Boas, que já anunciou o adeus no final da temporada, estão apenas no sexto lugar do campeonato russo, a sete pontos do líder CSKA Moscovo, após a realização de 18 jornadas.

Será, aliás, nesta posição que o Zenit enfrentará o Benfica, pelo menos na primeira mão, pois a 19.ª ronda do campeonato russo realiza-se apenas a 29 de fevereiro -- deslocação ao reduto do Krasnodar.

Os encarnados seguiram em frente nas duas vezes em que estiveram nos oitavos, pois, em 2005/06, na outra presença, superaram o então detentor do troféu Liverpool, com dois triunfo, por 1-0 na Luz e por 2-0 em Anfield Road.

Por seu lado, o Zenit caiu frente ao Benfica e também face ao Borussia Dortmund, em 2013/14, estando ainda à procura na primeira presença nos quartos.

Com Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.