sicnot

Perfil

Desporto

Espanhol Julio Velázquez é o novo treinador do Belenenses

O espanhol Julio Velázquez foi hoje apresentado como novo treinador da equipa de futebol do Belenenses, um dia depois de Ricardo Sá Pinto se ter demitido do comando técnico do clube da I Liga de futebol.

O 4-0 final foi marcado por Marcano, aos 87 minutos.

O 4-0 final foi marcado por Marcano, aos 87 minutos.

ESTELA SILVA / Lusa

Velazquez, de 34 anos, chega ao Restelo depois de passagens pelo Bétis, na última época, Murcia ou Villarreal, equipas então na II Liga espanhola.

Quanto a Sá Pinto, o Belenenses anunciou a saída do treinador depois da derrota em Coimbra, frente à Académica (4-3).

"Alcançado o feito histórico da melhor participação de sempre do Belenenses nas competições europeias, participando na fase de grupos da Liga Europa, entendeu o treinador Ricardo Sá Pinto que era o momento de se iniciar um novo ciclo", escreveram os 'azuis' do Restelo, numa nota publicada nas redes sociais.

O Belenenses, que foi eliminado na fase de grupos da Liga Europa, ao terminar o Grupo I na quarta e última posição, com os mesmos cinco pontos dos polacos do Lech Poznan, ocupa o 13.º lugar do campeonato, com 13 pontos, em 13 jornadas.

Lusa

  • Reportagem Especial dá a voz aos despedidos da banca
    1:18
  • CEMGFA admite que várias armas roubadas estão em condições de ser usadas
    2:06

    Assalto em Tancos

    Afinal há várias armas roubadas em Tancos que estão em condições de ser utilizadas, sendo que apenas os lança-granadas-foguete estão obsoletos. Esta manhã, o general Pina Monteiro admitiu, no Parlamento, que a declaração que fez há duas semanas pode ter induzido em erro a opinião pública. O chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) diz, ainda, que se houvesse indícios sobre colaboração do Exército neste caso, os suspeitos estariam presos.

  • Pais de Charlie Gard querem que o bebé morra em casa

    Mundo

    Depois de terem renunciado à batalha judicial para manterem o filho com vida, os pais do bebé britânico Charlie Gard desejam agora levar a criança para morrer em casa. O desejo foi revelado pelo advogado de Chris Gard e Connie Yates, numa audiência esta tarde, no Supremo Tribunal de Londres. Contudo, o hospital responsável pelo caso admite que os cuidados a Charlie não podem ser feitos em casa.